fbpx

Angra tem 85% de ocupação no feriado

Pesquisa da Associação de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ) e do Sindicato dos Meios de Hospedagem (HotéisRio) mostra que Angra dos Reis teve 85% de ocupação dos leitos disponíveis no feriadão de Nossa Senhora Aparecida.


O número ficou um pouco abaixo do aguardado pelo trade turístico da cidade, que aguardava 90% de ocupação, devido a grande procura por reservas nas semanas que antecederam o feriado.


Porém, com a mudança no clima, mudou também o destino de alguns turistas. A frente fria que estacionou sobre o estado levou as cidades serranas do Rio a liderarem a taxa de ocupação durante o feriado chuvoso, com o índice ficando acima dos 90%.

Ainda assim, o trade turístico de Angra dos Reis comemorou os números, dadas as circunstâncias. E o trabalho de divulgação da cidade continua a ser realizado com vistas à alta temporada.
Na próxima semana, o Angra dos Reis e Ilha Grande Convention & Visitors Bureau (AIG CVB) começa a participar da campanha “O Rio continua lindo. E perto!”, que vai promover visitas e rodadas de negócios voltados ao turismo nos principais polos emissores de turistas das regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil.

Realizada pela secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro e pela Companhia de Turismo do Estado do Rio de Janeiro (TurisRio), a ação terá stands em shoppings, encontros comerciais, shows e uma campanha publicitária com o objetivo de intensificar o fluxo de turistas para o estado do Rio na alta temporada 2021/2022.

— Angra dos Reis é um dos destinos turísticos mais importantes do país. No momento em que o estado se prepara para o reaquecimento do turismo, estamos prontos para receber bem os visitantes — declarou Marc Olichon, presidente do Angra CVB.

A iniciativa do governo do estado acontecerá em cidades como São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Belo Horizonte, Brasília, Gramado e Goiânia. Angra dos Reis só não estará presente em três municípios.

— Decidimos estar nos destinos que já emitem regularmente turistas para Angra, inclusive Rio e São Paulo, além dos mercados promissores de Minas Gerais e Centro-Oeste — explica Olichon.

O primeiro encontro comercial acontece nesta quarta-feira (13), no Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: