Alunos de Japeri participam da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Na manhã desta terça-feira (29), os alunos da Escola Municipal CIEP 401 – Lucimar de Souza Santos tiveram uma experiência das galáxias. É que, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação, a escola conheceu o Planetário Itinerante da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica – OBA. Dentro de uma cúpula, os guias planetaristas das Olimpíadas Brasileira apresentaram uma aula prática de conhecimentos sobre a ciência e os alunos tiraram dúvidas sobre os planetas e constelações.

O projeto gratuito é da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UERJ) e tem como objetivo preparar os alunos para a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). A competição acontece anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e pela Agência Espacial Brasileira (AEB). O exame é ofertado aos estudantes do ensino fundamental das escolas públicas e privadas. 

Este ano o exame aconteceu no dia 20 de maio e teve participação de quatro alunos do CIEP 401. Entre eles, Beatriz Andrade da Silva Câncio e Dandara do Espírito Santo, ambas do nono ano e 14 anos de idade. Beatriz conta que sempre se interessou por assuntos do planeta e a experiência de participar do OBA foi marcante. “Pretendo participar das próximas provas e sei que posso ter um futuro na pesquisa científica”, contou.

Por sua vez, Dandara ressalta a importância da atividade prática para os alunos não ficarem somente com as explicações na sala de aula. “Graças a iniciativa da escola, eu conheci mais um pouco sobre astronomia e para minha surpresa me interessei bastante. Eu tinha certeza que queria ser juíza. Agora estou pensando em ser cientista”, confessou.

Para Luísa Ferreira, física e planetarista volutária do projeto, as escolas precisam incentivar o conhecimento científico para que das salas de aula saiam futuros físicos, químicos, biólogos e outros profissionais envolvidos com a pesquisa. “O Planetário Itinerante conta com a ajuda de universitários de vários cursos que são voluntários e fazem o projeto acontecer. Rodamos o Brasil inteiro levando experiência para quem gostaria de aprender mais um pouco sobre o céu.”

A Diretora do CIEP 401, Marcele Aparecida, destaca a importância de trazer um projeto como este para dentro das escolas de Japeri. “Ver os alunos interessados na continuação dos estudos sobre a ciência me faz ter a certeza que nosso trabalho está sendo desenvolvido de forma correta. Vê-los motivados com as nossas propostas é um desafio diário. Os resultados positivos que eles apresentam são importantes para o desenvolvimento da educação”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.