fbpx

Alunos da Caravana do Trabalho fazem cadastro no Balcão de Emprego em Belford Roxo

Um grupo de 20 alunos do curso de qualificação profissional da Caravana do Trabalho, oferecido pela Prefeitura em parceria com o Ministério do Trabalho, visitou o posto do Sistema Nacional de Emprego (Sine), localizado na sede da Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, na Avenida Benjamim Pinto Dias, 1.305, centro, Belford Roxo . O grupo assistiu uma palestra sobre administração pública e ainda teve oportunidade de se cadastrar no Balcão de emprego. Ivanilda Palma da Silva, 41, desempregada há três anos, chegou a chorar de emoção ao conseguir uma carta de apresentação para trabalhar numa empresa no Rio de Janeiro, ao concluir o cadastro. “Nossa que felicidade”! disse ela que faz o curso junto com a filha Isabela, 27 anos, também desempregada.

As aulas começaram em dezembro do ano passado e acontecem diariamente no salão paroquial da Igreja Nossa Senhora da Conceição, Rua Padre Beste, centro. São 120 alunos, divididos em turmas que estudam nos turnos da manhã, tarde e noite. Os cursos são para:  assistente administrativo, recepção ao cliente, telemarketing, turismo e hotelaria, destinados para homens e mulheres, moradores de Belford Roxo, com idade acima de 15 anos. As aulas têm supervisão de técnicos da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio). Os participantes receberam material didático e uniforme. No final do curso serão certificados pela Unirio e Ministério do Trabalho.

Curso em família

As gêmeas Stela e Ster Lins, 19, também, fazem o curso de assistente administrativo junto com a mãe Vandirene, 46. Elas contam que foram inscritas pela mãe, num ato de incentivo. “Nossa mãe soube do curso pelo Facebook da Prefeitura e fez nossas inscrições”, disse Stela. “O legal é que ela resolveu estudar junto”, completou a irmã. Desempregada há cinco anos, Vandirene assegurou que não pensou duas vezes em se qualificar para ampliar a renda familiar, já que na família apenas o marido e a filha mais velha trabalham. Gabriel Mendes, 21, está vibrando com o cadastro no Sine. “Com o curso e o cadastro no Balcão de Emprego, a sorte irá aparecer. Quero minha independência financeira”, assegura. Desempregada há quase 10 anos, Denise Feijó, 33, não perde a esperança. Agora eu vou conseguir. Tenho fé. Muito satisfeita com a iniciativa da Prefeitura”, afirmou.

Segundo as professoras Franci Rose e Carla Cristina, contratadas e qualificadas pela Unirio, o interesse em aprender se destaca na maioria dos alunos. “Raramente há uma falta. Eles participam muito das aulas”, afirma Carla. “À noite é necessário redobrar o estímulo, pois o grupo já é de adultos e muitos chegam de serviços avulsos que fazem para se manterem. Estou muito satisfeita com o resultado”, garantiu Franci. O secretário de Trabalho e Emprego, Álvaro Cardoso Junior, o Nuna, disse que da turma visitante, sete pessoas, que passaram pelo cadastro do Sine, saíram encaminhadas para o emprego. “Isso é gratificante. Outras turmas farão a mesma visita e também passarão pelo cadastro nos próximos dias”, salientou o secretário. Os cursos serão concluídos no início de fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: