fbpx

Alimentação sustentável: Prefeitura de Mangaratiba realiza curso sobre Plantas Alimentícias não Convencionais

Nesta segunda-feira (13) a Prefeitura de Mangaratiba, através da Secretaria de Meio Ambiente e em parceria com a Panclândia, promoveu um curso sobre plantas alimentícias não convencionais (Pancs). A oficina foi realizada no Iate Clube de Itacuruçá e teve como objetivo capacitar pessoas de diferentes áreas sobre o correto manuseio, comercialização e utilização desses produtos, que são uma forma de alimentação sustentável.

As chamadas “Pancs” são plantas comestíveis conhecidas pelos seres humanos, mas, que muitas vezes não fazem parte do seu cardápio diário ou são utilizadas apenas em determinada região do país. Entre elas estão: a jaca; taioba; açafrão; certas espécies de flores e muitas outras.

“As Pancs são alimentos do nosso dia a dia e que muitas vezes passam despercebidos por não termos um conhecimento adequado sobre eles. Por isso, futuramente, também faremos uma nova capacitação voltada para os servidores da Secretaria de Serviços Públicos. A fim de que estes saibam identificar e preservar os vegetais no momento em que estiverem realizando as limpezas diárias na cidade. Também pretendemos levar este curso para os agricultores”, comentou o Secretário de Meio Ambiente, Antonio Marcos.

Amanda Brasil, representante da Panclândia e responsável por ministrar o curso, explica que o principal objetivo da aula é fazer com que os alunos tenham um novo olhar para esses ingredientes. “Panc pode parecer ‘mato’ para alguns, mas, na verdade é uma parte alimentícia não convencional e muitas vezes disponibilizada de forma gratuita na natureza. A partir do momento que a pessoa consegue identificá-la, ela abre um leque de opções de consumo”, disse.

Já Valeska Ribeiro, uma das alunas de hoje, é formada em nutrição e disse que a alimentação panc está no sangue. “Venho de uma família de caiçaras e indígenas. Por isso, desde pequenininha faço receitas do tipo. Estou participando desta oficina para condensar o que já sei e ficar por dentro das novidades na área”, disse.

Vale dizer que a oficina teve duração de um dia e que todos os participantes receberão um certificado de conclusão.

Além do Secretário de Meio Ambiente, Antonio Marcos Barreto, também estiveram presentes no curso a Subsecretária da pasta, Fernanda Porto, o Secretário de Serviços Públicos, Fábio Ferreira, o de Agricultura e Pesca, Roberto César Oliveira, e ainda o Subsecretário de Agricultura, Tauan de Moura.

Saiba mais sobre a Panclândia:

Idealizada por Amanda Brasil, que é gastróloga e especialista em Gastronomia Panc, a Panclândia é um projeto destinado ao compartilhamento de informações e receitas sobre as plantas alimentícias não convencionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: