Alerj e Conselho Regional de Contabilidade promovem evento para incentivar doações de imposto a fundos sociais

O Fórum de Desenvolvimento Estratégico, órgão da Assembleia Legislativa do Estado Rio de Janeiro (Alerj), e o Conselho Regional de Contabilidade (CRCRJ) realizaram vitualmente nesta última sexta-feira (26/02) um workshop sobre como prefeituras podem melhorar a arrecadação dos fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente (ECA) e do Idoso através de doações no Imposto de Renda. Com a presença de um representante da Receita Federal, o mecanismo foi explicado minuciosamente, e houve o compartilhamento de um “mídia kit”, com amplo material visual destinado a incentivar as doações.

Analista Tributário da Receita Federal do Brasil (RFB), Carlos Tuñas Santiago citou um exemplo de como o incentivo às doações pode ter significativos efeitos. A cidade de Arcoverde (PE), que tem população de 75 mil habitantes, conseguiu arrecadar 2 milhões e duzentos mil reais, com 1.724 doadores. “Na página da Receita Federal na internet há muito conteúdo informativo para fundamentar as doações. Na próxima segunda-feira, abre-se o prazo para as declarações de Imposto de Renda, portanto é um momento muito importante para tratar das doações aos fundos”, comentou.

Presidente da Associação Estadual dos Municípios do Rio de Janeiro (Aemerj), Luiz Antônio da Silva Neves deu a dimensão de como as doações podem ter impacto: “Com o que se arrecada de Imposto de Renda na capital fluminense pode se alcançar 600 milhões de reais em doação. A tragédia social que vivemos pode ser minimizada com bons projetos”.

Samir Nehme, presidente do CRCRJ, destacou a importância do evento: “Queremos promover um bom ambiente de negócios e melhorar a vida das pessoas. Temos total interesse em que o estado do Rio de Janeiro seja vanguarda na captação e no bom uso destes recursos”.

workshop faz parte de uma série de ações do Fórum Capacita, que reúne mais de 60 instituições, para criar oportunidades de aperfeiçoamento de agentes públicos do Legislativo e outras esferas de poder. Dos 92 municípios do estado do Rio de Janeiro, 57 já possuem os fundos e estão aptos a receber doações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: