Alemanha pede esclarecimento de reportagem sobre espionagem dos EUA a Merkel

O governo da Alemanha quer esclarecimentos sobre uma reportagem segundo a qual os Estados Unidos usaram uma parceria com a Dinamarca para espionar autoridades de alto escalão de países vizinhos, entre elas a chanceler alemã, Angela Merkel, disse um porta-voz do governo nesta segunda-feira (31).

“O governo federal tomou nota da reportagem e está em contato com todos os organismos nacionais e internacionais relevantes em busca de esclarecimento”, disse Steffen Seibert em uma coletiva de imprensa de rotina.

“Por uma questão de princípio, e vocês já sabem disso, pediria a vocês que entendam que o governo federal não comenta abertamente questões relacionadas a atividades de inteligência”, afirmou ele.

A emissora estatal dinamarquesa DR disse que a Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA) aproveitou uma parceria com a unidade de inteligência estrangeira de seu país para espionar autoridades graduadas de países vizinhos, incluindo Merkel.

Dados foram coletados sobre funcionários de Alemanha, França, Suécia e Noruega, de acordo com o relatório.

Outros casos

Em 2013, Edward Snowden, que na época trabalhava para a NSA, revelou informações sobre as ações do órgão. Na época, havia indicações de que Merkel havia sido grampeada.

Na ocasião, o governo dos EUA não negou completamente as afirmações, mas disse que naquele momento o telefone da líder da Alemanha não estava grampeado e que isso não aconteceria no futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: