fbpx

Águas do Rio realiza melhorias operacionais no principal sistema de bombeamento da Baixada Fluminense

Com o intuito de garantir a segurança operacional do sistema, a Águas do Rio realizou uma manutenção preventiva no booster da Baixada, o principal sistema de bombeamento da região, responsável pelo abastecimento de São João de Meriti, Duque de Caxias e Belford Roxo. A ação aconteceu durante o dia de ontem (25).

“Nós aproveitamos a interrupção no abastecimento causada pela manutenção preventiva da Estação de Tratamento de Água (ETA) do Guandu, operada pela Cedae, para realizar melhorias operacionais no sistema. Com a expertise da Aegea, a ação buscou garantir a eficiência operacional, fazendo uso da mais alta tecnologia no ramo do saneamento”, acrescenta o diretor-executivo da Águas do Rio, Marcello Dall’Ovo.

As ações não pararam por aí. A empresa realizou ainda a troca de cinco registros de adutoras de Duque de Caxias e Belford Roxo. “Eu sempre vejo equipes da Águas do Rio nas ruas. Eles estão trabalhando mesmo e a gente já sente as melhorias nas nossas torneiras. Aqui nunca mais faltou água”, avalia o comerciante de Belford Roxo, Mauri Martins.

Manutenção do Guandu

Segundo a Cedae, o serviço na ETA do Guandu foi concluído e o sistema pode levar até 72 horas para ser regularizado. O retorno da água caindo em caixas d’água ou cisternas vazias que não tenham passado por lavagens pode revolver o resíduo que fica no fundo. Este problema é observado com frequência e é uma das razões para realizar limpezas constantes nos locais onde a água fica armazenada. Importante fazer a limpeza da caixa d`água e cisterna de seis em seis meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: