Agricultores de Japeri terão cursos de manutenção de tratores, roçadeiras, entre outros

As mulheres também estão incluídas em ação totalmente voltadas para elas

A agricultura é um grande potencial do município de Japeri. Visando a expansão da economia local por meio de riquezas naturais que a cidade desfruta, a Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca de Japeri, em parceria com o Instituto de Terras e Cartografia do Estado do Rio de Janeiro (ITERJ) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), está construindo um plano de ação que irá melhorar a economia e a qualidade de vida dos produtores locais.

O objetivo é a qualificação profissional para que o município se transforme em um grande exportador.  Segundo o secretário municipal de Agricultura e Pesca, José Maurício, para que isso aconteça é necessário inserir os trabalhadores em uma perspectiva moderna e de caráter futurista, para que a imagem atribuída aos produtores rurais seja de pessoas vinculadas à máquinas e equipamentos modernos. E também que tenham técnicas de cultivo adequadas à visão de preservação do solo e recursos hídricos.

A primeira reunião entre os colaboradores do projeto aconteceu na última quinta-feira (4), em função da elaboração do plano. Participaram José Maurício, os representantes do SENAR Paraíba do Sul, Carlison Souza e Clarisse Guimarães e o técnico do ITERJ que atua no município, Diego Telles.

Com a parceria serão oferecidos, gratuitamente, cursos voltados à Agricultura Familiar do Município. Eles serão aplicados de acordo com o interesse dos produtores rurais, após a avaliação do plano.

Entre os cursos pretendidos estão: Operação e Manutenção de Tratores Agrícolas, Operação e Manutenção de Micro Tratores, de Operação e Manutenção de Roçadeiras Costais, de Motosserra, Apicultura, entre outros.

Segundo o secretário de Agricultura e Pesca, José Maurício, é importante que os agricultores tenham uma visão de si mesmos, enquanto empreendedores rurais, com potencial de desenvolver o local de assentamento das atividades rurais, garantindo áreas de produção de alimentos dentro da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, especialmente, na Baixada Fluminense, onde Japeri está localizada.

“Estamos desenvolvendo também um treinamento específico para as mulheres.  A ideia é uma formação que aborde o aproveitamento das frutas disponíveis e que não são direcionadas ao mercado consumidor e acabam se perdendo. Para esse segmento formado pelas produtoras rurais a  meta é que sejam cursos voltados ao beneficiamento das frutas em compotas, bolos e outras receitas”, acrescenta o secretário.

A previsão dos organizadores é disponibilizar as formações ainda no mês de agosto. Para mais informações, basta procurar a Secretaria de Agricultura e Pesca, localizada à Rua Ver. Francisco Costa Filho, 1993 – Santa Inês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.