fbpx

Agora é lei: Rua do Lavradio é declarada patrimônio imaterial do estado

Palco da tradicional Feira do Rio Antigo, a Rua do Lavradio, no centro da capital, agora é Patrimônio Imaterial do Estado. É o que define a Lei 9.411/21, de autoria do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado estadual André Ceciliano (PT), que foi sancionada pelo governador Cláudio Castro e publicada, nesta quarta-feira (22/9), no Diário Oficial.


A lei contempla todo o complexo de imóveis e eventos culturais históricos realizados no local, inclusive a feira, que ocorre aos sábados. O evento era realizado uma vez por mês, mas passou a ser semanal, com número menor de barracas, para evitar aglomerações.


“A Rua do Lavradio faz parte da história do Rio de Janeiro. Em apenas 700 metros de extensão, já abrigou alguns dos mais elegantes endereços do Rio Antigo e foi cenário de escritores como Machado de Assis, Lima Barreto e João do Rio”, justificou o deputado André Ceciliano, no texto do projeto que deu origem à lei.


O Governo do Estado também poderá celebrar convênios e firmar parcerias junto à Prefeitura do Rio para estimular as ações culturais e o turismo histórico no local. Entretanto, foi vetado o trecho do projeto original que previa a adoção de iniciativas de investimento e manutenção dos imóveis, incluindo o abatimento ou a isenção de tributos municipais condicionados à manutenção das características históricas dos imóveis. O governador alegou que as medidas violam a autonomia do município, contrariando o princípio constitucional da separação dos poderes.


Considerado um dos endereços mais queridos dos cariocas, a Lavradio – que faz fronteira entre o Centro e a movimentada Lapa – tem em suas imediações outros centros culturais da cidade, como o Circo Voador, a Fundição Progresso e o Rio Scenarium. É vizinha também da histórica Praça Tiradentes – com seus teatros municipais João Caetano e Carlos Gomes – e o imponente Real Gabinete Português de Leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: