Agora é lei: Rio poderá ter centros de reabilitação para pacientes que tiveram coronavírus

A Lei 9.141/20, que autoriza a criação de centros de reabilitação para pacientes que já tiveram o coronavírus, foi sancionada pelo governador em exercício, Cláudio Castro, e publicada pelo Diário Oficial do Estado, desta sexta-feira (18/12).

Os centros de reabilitação prestarão atendimento especializado em fisioterapia respiratória e motora, fonoaudiologia, enfermagem, clínica médica, pneumologia, reumatologia, psicologia, psiquiatria e assistência social. A medida deverá ser regulamentada pelo Executivo, que poderá realizar convênios com as prefeituras municipais para implementação da norma. Quando a pandemia estiver controlada, estes centros deverão ser utilizados para outras necessidades do sistema de saúde estadual.

“A luta pela recuperação total da covid-19 não acaba com a alta hospitalar ou com a cura da doença. Pacientes relataram que precisaram reaprender a respirar sem ajuda de aparelhos. Além disso, após alta hospitalar, o corpo precisa se acostumar novamente com posições e movimentos que antes eram naturais. A solidão e o isolamento social podem ter um impacto psicológico e, mesmo depois de curadas, essas pessoas correm o risco de sofrer sequelas neurológicas, como estresse pós-traumático, ansiedade e depressão”, justificou o autor da norma, deputado Márcio Pacheco (PSC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: