Agentes da Guarda Municipal de Nilópolis doam sangue no Hemorio

Um grupo de 13 agentes da Guarda Municipal de Nilópolis esteve na sede do Hemorio, na Rua Frei Caneca, 8, no Centro do Rio, para doar sangue. Eles foram convocados porque o colega Rodrigo Caetano sofreu um acidente de automóvel na Via Dutra e foi socorrido para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha. Ao chegar lá, o servidor necessitou de doadores de sangue O positivo.

“Ele precisava de sangue tipo O positivo, entretanto quem era tipo A e tipo B também doou. Assim pudemos ajudar não apenas o Rodrigo, mas outras pessoas também”, afirmou a superintendente de operações da Secretaria de Segurança, Vivian Freire.


Para ser doador, é preciso ter entre 16 e 69 anos, estar bem de saúde e pesar mais de 50kg, portar um documento original com foto, não estar em jejum e ter dormido, pelo menos, 6 horas no dia anterior. Deve-se evitar alimentos gordurosos por quatro horas antes e não ingerir bebida alcóolica 12 horas antes.

Não podem doar candidatos que tiveram relações sexuais com mais de 5 parceiros no período de 1 ano. Também estão impedidas as pessoas que tiveram Covid-19 por 30 dias após a cura.

Jovens com 16 e 17 anos, podem realizar a doação mediante consentimento formal do responsável legal. O termo de autorização está disponível no site do Hemorio (http://www.hemorio.rj.gov.br) e deve ser entregue junto com uma cópia autenticada da identidade do mesmo responsável. O Hemorio atende de segunda a domingo, das 7h às 18h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: