Ações para o alinhamento harmonioso entre a família, a segurança pública e a educação foi tema de simpósio em Queimados

Após um longo período de isolamento social e aulas remotas, muitos desafios surgiram, principalmente nas escolas, em relação à segurança pública. Pensando nisso, as secretarias municipais de Educação e Segurança e Ordem Pública de Queimados realizaram, na manhã desta quarta-feira (22), o 1º Simpósio Família, Segurança e Educação.
O objetivo do encontro foi alinhar ações de intervenção nas escolas do município para a diminuir a violência dentro do ambiente escolar. Além das secretarias envolvidas, também participaram do evento a Polícia Militar, representada pelo 24º BPM (Queimados) e a Guarda Municipal, além dos profissionais da educação e o Conselho Tutelar.

Presente no evento, a secretária municipal de Educação, Zilda Carolina Vargas, elucidou a importância do diálogo entre o poder público e a família para o desenvolvimento saudável do ambiente escolar. “Durante o isolamento social, muitos alunos ficaram sem a base e orientação que a equipe escolar oferece. É necessário compreender que a escola funciona como elemento socializador, sem ela inúmeros prejuízos se apresentam, inclusive os que debatemos hoje”, comentou.

De acordo com o secretário de Segurança e Ordem Pública, Felipe Laureano, a segurança anda de mãos dadas com a educação, por isso, devem sempre estar alinhadas em relação à resolução dos problemas. “É muito importante essa interação entre as duas pastas. Nosso principal objetivo aqui, é amenizar os impactos causados pelo distanciamento social e, principalmente, diminuir a violência escolar”, explicou o gestor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.