A 15 dias dos Jogos, premiê do Japão declara estado de emergência em Tóquio

O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, declarou formalmente nesta quinta-feira (8) a volta do estado de emergência em Tóquio, que deve vigorar a partir de segunda (12) até 22 de agosto. A medida visa reduzir as infecções pelo novo coronavírus na área.

O quarto estado de emergência impõe algumas restrições, entre elas a proibição da venda de bebidas alcoólicas em restaurantes.

Somente a capital japonesa relatou hoje cerca de 900 novas infecções — a quase duas semanas (15 dias) do início dos Jogos Olímpicos, que vão de 23 de julho a 8 de agosto.

Os organizadores da Olimpíada vão anunciar em breve uma nova decisão sobre a presença de plateia do Japão nos eventos esportivos.

Os organizadores já tinham proibido espectadores estrangeiros e estabelecido um teto de espectadores domésticos de 50% da capacidade — ou até 10 mil pessoas.

Especialistas médicos defendem que a opção menos arriscada seria organizar os eventos sem plateia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: