99 é a primeira empresa de mobilidade a receber o Selo Empresa Amiga da Mulher na categoria Ouro

  • Certificação reconhece o empenho de empresas e organizações em promover ações afirmativas e informativas de promoção e defesa dos direitos da mulher
  • Há mais de 4 anos, a plataforma conta com um hub de iniciativas voltado para as causas femininas, o 99 Mais Mulheres

 

A 99 acaba de receber o Selo Empresa Amiga da Mulher – categoria Ouro, um reconhecimento do Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio das secretarias da Mulher e de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio e Serviços, às empresas que contribuem para a qualificação profissional, a inclusão, o bem-estar e o desenvolvimento da mulher no mercado de trabalho e na sociedade.

 

Desde 2018, a companhia conta com um importante pilar, o grupo de afinidade 99Mulheres, presente no Comitê de Diversidade. A partir de consultas realizadas com esse grupo, bem como de dados da plataforma e do mercado, em 2019, a empresa criou o Programa Mais Mulheres para estabelecer e desenvolver iniciativas focadas no empoderamento, estimular o empreendedorismo feminino e fortalecer o debate sobre a mobilidade urbana para elas.

 

A partir desse programa, foram desenvolvidas ações como o ‘Carnaval sem Assédio’, em 2020, que disponibilizou corridas gratuitas para as Delegacias da Mulher em todo país, para incentivar a denúncia de casos de violência e abuso. Expandindo o engajamento da empresa na luta feminina, em 2021, o programa foi transformado em uma causa de marca e passa a ser chamado de “99 Mais Mulheres”, consolidando, por meio da campanha “Por Cidades Mais Femininas”, o compromisso da empresa em contribuir para que mais espaços sejam ocupados por mulheres. Em novembro de 2023, a 99 assinou um Termo de Cooperação com as Secretarias do Estado da Polícia Militar (SEPM-RJ) e da Mulher (SEM-RJ), para apoiar mulheres vítimas de violência.

 

A cerimônia de entrega ocorreu no dia 27/03, às 19h, no Palácio das Laranjeiras, no Rio de Janeiro, e contou com a presença do governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, da secretária de Estado da Mulher, Heloisa Aguiar e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços do estado do Rio de Janeiro, Vinicius Farah, além da diretora de segurança da 99, Tatiana Scatena. A empresa é a única do setor de mobilidade e conveniência a receber o selo em 2024.

 

“Mulheres têm que ter vez e voz. O nosso objetivo é olhar a mulher como foco para a construção de uma política pública transversal e efetiva. E com a criação da Secretaria da Mulher nós já evoluímos muito. O nosso desejo é que isso seja contínuo e perene”, afirma o governador do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro.

 

“Estamos muito felizes por sermos reconhecidos como uma Empresa Amiga da Mulher. Este selo é uma certificação do nosso compromisso com a causa feminina, tanto dentro da empresa, quanto na sociedade. Pautas como combate ao assédio, violência de gênero, inclusão e empoderamento das mulheres permeiam nossos investimentos e, em 2024, planejamos fazer ainda mais”, comemora Tatiane Scatena, diretora de segurança da 99.

 

Sobre o Selo Empresa Amiga da Mulher

 

O Selo foi criado por meio da Lei nº 9173, e será conferido anualmente às empresas que, comprovadamente, já cumprem o papel de acolher e apoiar a mulher no Estado do Rio de Janeiro. Para receberem o selo, as empresas devem divulgar, interna e externamente, ações afirmativas e informativas sobre temas voltados aos direitos da mulher, principalmente sobre a Lei Maria da Penha, e demais dispositivos legais que tratem do enfrentamento à violência contra a mulher.

 

São 12 requisitos e a certificação é concedida em três categorias: bronze (para empresas que atingiram mais de 50% dos requisitos), prata (mais de 70% das exigências) e ouro (acima de 90% dos critérios estabelecidos).

 

O comprometimento com ações futuras também foi um dos requisitos. As empresas apresentaram uma carta de compromisso com planejamento de projetos e programas, bem como convênios, parcerias com órgãos ou empresas públicas ou privadas, entidades filantrópicas e associações que visem à qualificação profissional, inclusão, bem-estar e desenvolvimento da mulher no mercado de trabalho e na sociedade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *