Witzel afirma que pretende prorrogar recuperação fiscal do RJ até 2023

Witzel deu a declaração em Brasília, após reunião de governadores eleito, que teve as presenças do presidente eleito Jair Bolsonaro e do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes.

O Rio de Janeiro teve o acordo de recuperação fiscal firmado com o governo federal em setembro do ano passado. O plano exige cortes de gastos e prevê um ajuste fiscal de R$ 63 bilhões até 2020, segundo informou o Ministério da Fazenda à época. O pagamento da dívida do estado com a União fica suspenso durante a vigência do plano.

Nesta quarta, Witzel comentou sobre o regime. Ele afirmou a jornalistas que a recuperação fiscal “está dando certo”. O governador relatou que recebeu a informação de que o estado cumpre as 20 metas estabelecidas no acordo com o governo federal e, por isso, pretende manter e prorrogar o regime.

“Durante a campanha eu fiquei com a preocupação de que não estariam cumprindo as 20 metas e me foi informado, nós estamos apurando agora, que estão cumprindo as 20 metas, razão pela qual eu pretendo manter a lei de recuperação fiscal até 2020 e renová-la para mais três anos, até 2023, o que vai dar um conforto para o Estado do Rio de Janeiro”, afirmou Wtizel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: