Vazamento de dados dos hotéis Marriott pode ter afetado 500 milhões de clientes

A rede de hotéis Marriot afirmou nesta sexta-feira (30) que dados de até 500 milhões de clientes podem ser comprometidos por causa da ação de hackers em seu banco de dados de reservas Starwood.

Segundo a rede CNN, 327 milhões de pessoas podem ter tido acessadas informações como nome, números de telefone, endereço de e-mail, número de passaporte, data de nascimento e informações de chegada e partida.

Barbara Underwood, a Procuradora Geral do estado de Nova York, nos Estados Unidos, abriu uma investigação para averiguar o caso, segundo informações da agência Associated Press.

Durante a recente investigação de um “incidente de segurança de dados”, a rede Marriott descobriu “que havia acesso não autorizado à rede da Starwood desde 2014”, informou em um comunicado.

Para milhões de outras pessoas, podem ter vazado números de cartão de crédito e datas de vencimento de cartões. Segundo a rede, não é possível confirmar se os hackers conseguiram decifrar os números do cartão de crédito.

A Marriott informou que começará a enviar e-mails aos hóspedes afetados e que criou um site informativo.

A rede possui mais de 5 mil propriedades em mais de 110 países.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: