Universitário morto em assalto entregaria conclusão de curso

Estudante João Pedro Guedes foi assassinado na porta da faculdade em Fortaleza — Foto: Reprodução/Facebook

O estudante universitário João Pedro Guedes, de 25 anos, que foi morto durante um assalto na porta da faculdade, nesta segunda-feira (17), iria entregar o trabalho de conclusão do curso de nutrição quando foi assassinado. Segundo um policial que atendeu a ocorrência e colegas do estudante, ele foi até a instituição de ensino para entregar os últimos trabalhos acadêmicos do curso.

João Pedro chegava à faculdade, no Centro de Fortaleza, quando foi abordado por suspeitos em um carro. Ele entregou a chave do carro, mas ainda assim foi atingido por disparos e morreu no local. Dois adolescentes, com idades de 15 e 16 anos, foram apreendidos pela Polícia Militar.

De acordo amigos do estudante, o universitário estava no último semestre da faculdade. Ele estacionava o carro próximo ao prédio do Centro Universitário Unifametro, quando os suspeitos se aproximaram e anunciaram o assalto. Ele jogou a chave do carro para os criminosos, mas foi baleado.

O corpo do universitário foi levado para a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) da Perícia Forense do Ceará. Familiares compareceram ao local para realizar os trâmites legais e liberar o corpo. O local do velório não foi repassado pelos familiares, que estavam emocionados.

Colegas de João Pedro lamentaram a morte do estudante, que estava concluindo o curso de nutrição — Foto: Reprodução/Facebook

Planos para o futuro

Colegas do curso do estudante prestaram homenagens pela internet ao jovem. “A nutrição está em luto”, afirmou uma amiga de João.

A namorada de João Pedro, também por meio de redes sociais, lembrou que o jovem estava fazendo projetos para o próximo ano, após concluir o curso de nutrição.

“Tudo que eu penso é em você fazendo planos para o futuro, e que depois de tanta luta estava enfim se formando. Fazendo metas para 2019, que seria um ano de muitas mudanças para você, para nós”, desabafou.

Estudante foi morto na porta da faculdade em Fortaleza — Foto: João Pedro Ribeiro/TVM

Adolescentes apreendidos

Conforme a polícia, um dos adolescentes foi encontrado minutos após o crime, na região em que a ação aconteceu. O outro foi localizado no Bairro Carlito Pamplona, na capital. Os dois foram encaminhados para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde foram ouvidos.

A polícia acredita que até quatro pessoas tenham participado do crime. A arma usada por eles ainda não foi localizada. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a polícia trata o crime como latrocínio.

Segundo o órgão, os dois menores confessaram participação no assalto e foram autuados em atos infracionais análogos ao latrocínio. O Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa, que esteve no local do crime, realiza investigações para identificar e prender os outros envolvidos no crime.

Aulas suspensas

Segundo o departamento de marketing da Unifametro, a faculdade tem esquema de câmeras de segurança, contudo voltadas para o interior da instituição.

Por conta da morte do aluno, o Centro Universitário suspendeu as avaliações finais da instituição, que seriam realizadas nesta terça-feira (18). Em nota divulgada nas redes sociais, a Unifametro lamentou o crime e informou que está à disposição da família e das autoridades para contribuir com a elucidação do caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: