Tributo a Emílio Santiago agitou Parque Natural Municipal de Nova Iguaçu

“Saigon”, “Lembra de Mim”, “Logo Agora” e “Verdade Chinesa”. Esses foram alguns dos sucessos do cantor e compositor Emílio Santiago tocados durante a quinta edição do ‘Música na Natureza’, neste último domingo (2), no Parque Natural Municipal de Nova Iguaçu. O evento, que torna o local mais frequentado e que reúne sons suaves com a preservação do meio ambiente, contou com a presença de mais de 200 pessoas.
Os músicos Aldair Santiago, Valéria Mariano, o tecladista Alcir Alves e o baterista Paulinho Criança fizeram a homenagem e ainda tocaram sucessos dos cantores Tim Maia e Wando. “É a nossa primeira vez tocando em meio à natureza. Emilio Santiago foi um grande compositor e cantor que deixou muita saudade. Era minha referência. Tenho 35 anos de carreira e essa é minha primeira experiência tocando num lugar como esse. A receptividade do público me impressionou”, destacou Aldair Santiago.
Nesta edição também teve uma grande novidade. O fotógrafo Flavio Lara fez uma exposição fotográfica com o tema “Trabalhadores de Nova Iguaçu”, que procurou homenagear os trabalhadores da região. Formado por 50 pessoas, o grupo Chama do Amor de Bangu, veio da Zona Oeste do Rio para curtir o ‘Música na Natureza’ pela primeira vez.
“Alugamos um ônibus e trouxemos 50 pessoas da nossa região para apreciar essa beleza e muita música boa. Queremos voltar outras vezes. Esse projeto vai fazer parte do nosso calendário mensal. Acompanhamos as redes sociais de Nova Iguaçu, pois sabemos que aqui há muitos pontos turísticos e belezas naturais, além de bastante cultura”, comentou a coordenadora do grupo, Claudia Paloma Magalhães, 46.
O projeto ‘Música na Natureza’ surgiu com o intuito de fomentar o turismo em Nova Iguaçu, apresentando para quem vem de fora e também para aqueles que moram no município, as belezas e a riqueza natural que tem na cidade e que muitos desconhecem. Para o secretário de Meio Ambiente, Agricultura, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Fernando Cid, a presença de visitantes no Parque Natural tem crescido de forma considerável.
“Dobramos o número de frequentadores neste evento e estamos aumento a presença de visitantes de outras cidades da Baixada, inclusive de bairros do Rio. Hoje aqui é música com consciência ambiental. É um movimento não só de Nova Iguaçu. Isso ressalta a imagem da cidade. O Parque Natural é a nova sensação de lazer. Estamos com 13 guardas ambientais em processo de capacitação e até o fim do ano será um total de 26 atuando no local, e isso vai ajudar bastante no crescimento do parque”, assegurou Cid.
O próximo evento acontece no dia 30 de setembro e terá samba jazz com o trombonista Jonhson Almeida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: