Título de Eleitor: Alistamento e Transferência até 4 de maio

Para tirar o título pela primeira vez, alterar dados do título atual, transferi-lo ou tirar a segunda via, o atendimento nos cartórios eleitorais em todo o Estado é realizado exclusivamente por agendamento. O agendamento evita filas e demora no atendimento.

Para o atendimento, é preciso levar:
1) um comprovante de endereço em nome do eleitor (conta de luz, ou conta bancária, ou conta de telefone, etc, desde que contenha nome e endereço e seja recente).
2) Um dos documentos abaixo:
RG original ou
Carteira de Trabalho e Previdência Social ou
carteira profissional emitida por órgão criado por lei federal (OAB, CRM, CREA, etc) ou
certidão de nascimento ou
certidão de casamento.
ATENÇÃO:Não será aceita a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para o primeiro título por não conter nacionalidade/naturalidade. O passaporte somente será aceito se for o modelo que contenha também a filiação. Todo documento apresentado deve conter nome atual e sem abreviaturas (inclusive de filiação), caso contrário, deverá ser apresentado documento complementar que contenha o nome completo.
3) Comprovante de quitação do serviço militar (homens com idade entre 18 e 45 anos), para o primeiro título.
Para solicitação de justificativa, pagamento de multa ou obtenção de certidão de quitação eleitoral também não é necessário agendamento, basta ir diretamente ao cartório.
Se a sua situação com a Justiça Eleitoral está regular, emita aqui a certidão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *