Temer diz que quem for eleito presidente ‘vai ter que continuar com as reformas’

O presidente da República, Michel Temer, afirmou nesta terça-feira (7) em São Paulo que muitos falam em temor sobre o que pode acontecer no Brasil após as eleições. Segundo ele, o sucessor que assumir a Presidência da República terá que continuar as reformas que ele iniciou.

“Não vamos nos impressionar com o momento eleitoral. Todo mundo fala: ‘o que pode acontecer’. Nós fincamos estacas, pilares que nenhum governante que venha vai conseguir mudar. Ao contrário, vai ter que continuar com as reformas que nós começamos e não pudemos concluir”, disse Temer.

“Não pode acontecer nada que modifique aquilo que começamos, vai ter que continuar o que começamos”, defendeu o presidente, afirmando que as eleições são um “momento legítimo da democracia”.

“Não podemos jogar brasileiros contra brasileiros. Neste momento (eleitoral) há divergências, há contradição. Mas caminhemos logo depois da eleição para o momento político-administrativo em que todos devem unir-se, inclusive a oposição, para o bem comum”, salientou.

Temer esteve em São Paulo para a abertura da 28° edição da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), acompanhado dos ministros da Agricultura e Pecuária, Blairo Maggi, e da Indústria, Comércio exterior e serviços, Marcos Jorge, além do da capital, Bruno Covas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *