Simulado de vazamento de gás em Duque de Caxias vai mobilizar três mil

O grupo participante do Processo Apell de Campos Elíseos, começa a se
preparar para realização de mais um simulado de acidente na área da
Refinaria Duque de Caxias e do Polo Petroquímico. A primeira reunião
preparatória para o treinamento acontece nesta quinta-feira (06), no
auditório da Associação da Empresas de Campos Elíseos – ASSECAMPE, a
partir das 9h. Este ano, o exercício será no dia 17/11 e o simulado de
vazamento de gás acontecerá na sede da empresa Transpetro. Serão
mobilizados cerca de três mil voluntários e agentes públicos que farão o
atendimento às vítimas moradoras da comunidade Saraiva, localizada
próximo ao complexo industrial.

Do Processo Apell participam a Defesa Civil municipal e estadual,
Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, Guarda
Municipal, o Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo e Estadual
Adão Pereira Nunes, entre outros grupos de apoio. Os “feridos” serão
levados para avaliação médica no ponto de apoio que será montado no Ciep
208  Alceu Amoroso Lima (Rua Professor Hélio Rangel), em Jardim
Primavera. Os casos “graves” serão encaminhados aos dois hospitais de
referência no município.

O exercício, segundo o diretor-executivo da ASSECAMPE Jorge Rezende,  “é
considerado o melhor do mundo pela ONU – Organizações das Nações Unidas
pelos aspectos mais relevantes que são a prática, a execução, o
envolvimento das organizações, dos agentes públicos e o mais importante,
dos voluntários. Esses jovens e adultos estão sempre dispostos a mostrar
nos treinamentos que realizamos e sempre procuram agregar em seus grupos
novos voluntários sabedores da importância desse trabalho”. No ano
passado, o simulado aconteceu na empresa Ultragaz, de envasamento de gás
liquefeito de Petróleo – GLP.

Durante o simulado, os voluntários saem às ruas pedindo que os moradores
deixem suas casas pois há risco de explosão na empresa onde está
ocorrendo o vazamento de gás. Na saída de suas casas, muitos moradores
assustados e com medo correm pelas ruas onde são inevitáveis os
acidentes. Localizados pelas equipes de voluntários treinados, os
“feridos” são estabilizados e aguardam os veículos de socorro chegar
para transportá-los ao ponto de apoio onde é feita a triagem das vítimas
(vermelha, amarela e verde). Os mais graves (vermelho) são encaminhados
de ambulância aos hospitais públicos.

Para o subsecretário de Defesa Civil de Duque de Caxias, André Luís
Xavier, é importante o trabalho dos voluntários do Processo Apell no
treinamento, no socorro e na assistência aos moradores de Campos
Elíseos. Da mesma forma, destaca também a participação dos órgãos
públicos nesse exercício. “Todos estão sempre prontos para ajudar”,
ressaltou  André Luís.
Do grupo de voluntários do Processo Apell participam, entre outros,
Bombeiros Civil, Escoteiros, Desbravadores, Cruz Vermelha, Capelania,
além de estudantes das redes pública e privada da região. As próximas
reuniões acontecem nos dias 20 de setembro, 04 e 08 de outubro e 08 de
novembro, no mesmo local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: