Secretaria de Cultura chega aos 50 projetos incentivados via renúncia fiscal em 2020

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio (Sececrj) chegou à marca de 50 projetos aprovados com patrocínio via Lei Estadual de Incentivo à Cultura em 2020.  O Diário Oficial desta terça-feira (3/11) publicou as duas ações que faltavam: um econtro no espaço OI Futuro e um laboratório de tecnologia interativa que será realizado em Miguel Pereira.

São mais de R$ 34 milhões investidos no fomento à cultura em todo o estado, mesmo em um período de pandemia da Covid-19. Com objetivo de democratizar o acesso à cultura, os projetos chegaram a 41 municípios, além da capital. Os 50 aprovados são de diversos segmentos, a maioria em “Teatro e Circo”, com  22 projetos. Na sequência, vem “Música e Dança”, com 13, e “Artes plásticas e artesanato”, com 6. 

– Estamos trabalhando para fomentar a cultura em todos os municípios. Uma prova são os projetos incentivados, sempre levando em consideração a regionalização, não aprovando apenas apresentações na capital – disse a secretária de estado de Cultura e Economia Criativa do Rio, Danielle Barros. 



PROJETOS APROVADOS 

Também foram publicados nesta terça-feira mais oito projetos aprovados pela Comissão de Avaliação de Projetos (CAP) inscritos em 2020: Rio2C, Um café lá em casa, Emuseu da Cultura do Rio de Janeiro, Festival Multiplicidade 2020-Ano 16, Revista Traços, Fases, Riobaldo-Circulação Interior e Natal Mágico. 


NOVO SISTEMA DE INSCRIÇÃO DE PROJETOS

Neste ano, o processo de apresentação para os benefícios da Lei Estadual de Incentivo à Cultura ganhou um novo formato. Não há mais edital, o processo está aberto de março a novembro. Outra novidade é o Sistema Desenvolve Cultura, que recebe as inscrições e abriga diversas informações para facilitar a busca por patrocínios via renúncia de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito