Rio Bonito pode receber o Programa Segurança Presente

Rio Bonito pode ser uma das cidades da Região Metropolitana a receber o Programa Segurança Presente. Foi o que afirmou o secretário de Segurança e Ordem Pública, Marcio Soares, que se reuniu nesta última quarta-feira (6) no Palácio Guanabara com o Coordenador do Programa Segurança Presente, Coronel Camargo, e na Alerj com o deputado estadual, Anderson Alexandre. O encontro foi motivado depois que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) aprovou um projeto de lei, em segunda discussão, que autoriza o Governo do Rio de Janeiro a implantar o programa Segurança Presente em todos os municípios do estado.

Durante o encontro, o secretário Márcio Soares formalizou o pedido para que seja implantado o Programa Segurança Presente em Rio Bonito, que recentemente recebeu o Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), com o trabalho de 60 policiais a mais nas ruas mensalmente. Entre as justificativas, o secretário mostrou o resultado do trabalho que vem sendo feita na cidade, que conseguiu baixar o índice de roubo de veículo, entre outros delitos.

O coronel Camargo afirmou que as cidades mais distantes da capital precisam de iniciativas que combatam o avanço da criminalidade, principalmente no interior do estado. Ele se colocou à disposição para quaisquer esclarecimentos pertinentes a implantação do “Segurança Presente”.

Já o deputado Anderson Alexandre se comprometeu em colocar uma emenda parlamentar para garantir os recursos necessários para o funcionamento do Programa Segurança Presente em Rio Bonito.

“Seguindo orientação do prefeito José Luiz Mandiocão, estamos empenhados em reforçar a segurança no município, fazendo parcerias para trazer investimentos nesse sentido, como foi o encontro com o deputado Anderson Alexandre, que se colocou à disposição para nos ajudar”, explica o secretário Marcio Soares.

O  programa Segurança Presente tem como objetivo promover ações de segurança pública, reduzindo a incidência de crimes, e ações de apoio social, como o acolhimento de moradores em situação de rua.

“O programa vai ajudar a população e o comércio, para que as famílias possam transitar com mais segurança pelas ruas da cidade e para que possamos reprimir qualquer tipo de roubo de rua”, afirmou o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: