Queimados realiza formatura de 80 jovens em curso de Defesa Civil

O município de Queimados ganhou um reforço de peso na prevenção a acidentes e desastres naturais. Isso porque cerca de 80 alunos do Ciep 314 Sebastião Pereira Portes, participaram da formatura do Curso de Proteção Básica e Defesa Civil, promovido pela prefeitura local, através da secretaria municipal de Defesa Civil. O evento aconteceu no Teatro Municipal Metodista e reuniu cerca de 200 pessoas.

Os alunos do primeiro ano da unidade de ensino participaram de dez aulas entre práticas e teóricas e os jovens aprenderam um pouco mais sobre prevenção de acidentes domésticos e incêndios, noções de primeiros socorros e produtos perigosos e conceitos gerais de defesa Civil. Participaram do evento o prefeito Carlos Vilela, o vice-prefeito Machado Laz e o secretário de Defesa Civil, Davi Brasil.

A formatura também teve a participação de agentes dos Corpo de Bombeiros, monitores de Defesa Civil e sociedade civil. O prefeito Carlos Vilela aproveitou o evento para destacar o comprometimento do governo municipal com o tema: “É gratificante ver os frutos deste lindo projeto. Jovens que poderiam estar em qualquer outro lugar preferiram aprender algo útil e de grande importância para a sociedade. Vocês podem contar sempre conosco”, disse.

O secretário municipal de Defesa Civil, Davi Brasil, falou sobre a disseminação do tema para os futuros professores: “O importante é ver que vocês, futuros profissionais da educação, preocupados em aprender um pouco mais sobre proteção básica e outros temas. Defesa Civil é muito mais que atender nos grandes acidentes, mas, sim, atuar na prevenção. Estou orgulhoso em vê-los com tanta dedicação”, disse.

Os alunos receberam diploma e, a cada nome chamado, um grande festa e o pedido para “pagar dez”. Os formandos, antes do certificado, eram intimados a fazer flexões no palco, medida comum aos cursos de Defesa Civil. Um dos nomes mais festejados foi o do instrutor André Farias. “Eu vejo que somos capazes. Cada um de vocês é o motivo da gente acreditar num futuro melhor”, disse emocionado.

O projeto “Defesa Civil nas escolas” tem feito a diferença no município. Desde 2017, cerca de 500 pessoas já concluíram o curso de capacitação. As atividades, os alunos passam por noções de Controle de pânico Noções de primeiros socorros, de acidentes domésticos (Risco com GLP – Gás Liquefeito de Petróleo), combate a incêndio com linha de mangueira e agentes extintores e cuidados com animais peçonhentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: