Queimados inicia mutirão de iluminação pública

Para efetuar melhorias e reparar pontos de iluminação em Queimados, na Baixada Fluminense, um mutirão de manutenção promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos, teve início na última quarta-feira (6) nos bairros Pedreira, São Jorge e Centro. Os próximos locais a receber a ação serão os bairros Santa Eugênia, Fanchem, Glória e Distrito Industrial.

Foram montadas três equipes para ir às ruas recuperar cabos, postes e circuitos defeituosos. Além disso, o âmbito municipal conta com a participação da população pelo Disque-Luz (3778-8153), canal destinado a informar pontos com mau funcionamento no município e que atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

De acordo com o Prefeito Carlos Vilela, o serviço de manutenção dos pontos de energia contribui também para áreas como a da segurança pública. “Vamos intensificar cada vez mais este trabalho, pois é um reforço direto na luta para evitar furtos e roubos. Certamente as ruas iluminadas inibem meliantes a cometerem crimes, pois locais escuros são pontos de vulnerabilidade. Liguem para o Disque-Luz e façam sua solicitação”, ressaltou o gestou.

O Secretário Municipal de Conservação e Serviços Públicos, Rogério Brandi, falou sobre as informações que o cidadão precisa ter quando utilizar o Disque-Luz. “É importante que o cidadão informe a rua, o número da casa em frente ao poste que o serviço esteja sendo solicitado e se possível, uma referência. Quanto maior o número de informações, mais fácil é a identificação do endereço”, afirmou.

Morador e síndico do Condomínio Residencial Deputado Ulisses Guimarães, no bairro São Jorge, Anderson Guilherme de Oliveira (41), aprovou o serviço. Na rua onde mora e dentro do condomínio havia alguns pontos de iluminação com problemas, o que causava certa sensação de insegurança nos moradores. “Era preciso ter esse mutirão porque algumas ruas estavam escuras e isso prejudicava na espera do transporte ou no simples andar pela rua. É essencial esse tipo de serviço”, concluiu o morador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *