Queimados é o único município da Baixada pré-selecionado em programa de mobilidade urbana do Ministério das Cidades

Mais uma boa notícia para os moradores de Queimados. O município foi o único da Baixada Fluminense a ser pré-selecionado pelo programa “Avançar Cidades – Mobilidade”, do Governo Federal, que disponibiliza recursos para as melhorias de mobilidade urbana. O prefeito Carlos Vilela, em cerimônia realizada na noite da última quinta-feira (5), no Centro do Rio, assinou o protocolo de intenções com o Ministério das Cidades, para receber R$ 12 milhões em investimentos.

Participaram do evento, o Ministro das Cidades, Alexandre Baldy, o Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o Presidente da Caixa, Nelson Antônio  de Souza. Além do chefe do executivo, o secretário municipal de Obras, Alex Reis, também representou o município.

O prefeito Carlos Vilela falou de como é importante ter projetos prontos para ir atrás de recursos para a realização de melhorias na cidade: “Somos um governo que trabalhamos com planejamento. Sabemos de nossas necessidades e temos todas elas detalhadas e prontas para que, na hora que chegar a oportunidade, possamos estar na frente. Somos o único município da Baixada que fomos pré-selecionados, já tínhamos tudo pronto”, disse.

A cidade de Queimados está enquadrada no grupo 1, que contempla os municípios com população superior a 100 mil habitantes. O valor mínimo para investimentos é de R$ 1 milhão e o máximo de R$ 30 milhões. Com os recursos do programa, o governo municipal pode fazer pavimentações, incluindo calçadas e sinalizações em ruas que sejam itinerários de meios de transportes públicos, infraestrutura de ciclovias, medidas de moderação de tráfegos, iluminação pública, arborização, redes de abastecimentos de água e esgotos.

Além da pavimentação em conjunto com as ações citadas, também podem ser financiadas separadamente a construção de estações e abrigos, de pequenas pontes e travessias, sinalização viária, infraestrutura para pedestres e cicloviária, medidas de moderação de tráfego, projetos Executivos e plano de Mobilidade Urbana. O secretário Alex Reis ressaltou as próximas etapas: “Nós apresentamos bons projetos e foram selecionados. Agora, vamos aguardar os trâmites burocráticos e, ainda este ano, devemos estar com estes recursos disponíveis”, ressaltou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *