Projeto Monike Azevedo, em Iguaba Grande, comemora 12 anos com muito esporte e diversão

Resultado de imagem para Projeto Monike Azevedo

Correr, nadar, pedalar, disciplina, excelência. Essas cinco palavras descrevem com exatidão o Projeto Monike Azevedo. Ao longo dos 12 anos de Projeto, muitas histórias se cruzaram e se contaram.

Para comemorar esses 12 anos de trabalho intenso, em parceria com a Prefeitura de Iguaba Grande, a equipe do Projeto, preparou um festival de natação eletrizante, no próximo domingo (29), com os estudantes das Escolas Municipais da Cidade, que participam do Projeto. A festa acontecerá na Associação de Profissionais dos Instrutores do Rio de Janeiro (APIEJ), a partir das 7h.

Estrelas e ícones do esporte nacional já mandaram o recado e parabenizaram o projeto. Grandes nomes como Zico, Laes Grael, Jackie Silva e Henrique Avancini elogiaram o trabalho que vem sendo feito desde o dia 28 de julho de 2007. Mais de 5 mil crianças foram treinadas e orientadas pela triatleta Monike.

A competição será dividida por idades, e de acordo com a organização, o principal objetivo é entreter e divertir os alunos. Ao final das competições todos ganharão medalhas.

As comemorações começaram no dia 12 de setembro, quando as crianças foram aprender os fundamentos do Vôlei com a Campeã Olímpica de Vôlei de praia, Jackie Silva. Além disso, no dia 20, os jovens foram conhecer o Projeto Grael, em Niterói. Já no dia 19, a garotada plantou mudas de plantas na nova trilha, que será inaugurada no dia 13 de outubro, para fechar com chave de ouro as festividades. A nova atração turística da cidade se chamará GUARÁ TRAIL.

História do Projeto

A história do projeto começa em 2007. Na época o Brasil sediava os jogos Panamericanos, e Monike estrelava comerciais e propagandas. Era preciso transformar toda a publicidade em algo bom. Iguaba Grande então recebeu o primeiro Projeto Esportivo. Uma cidade pacata, no meio da Região dos Lagos. Por aqui não existia entretenimento para as crianças. Monike então formou sua primeira turma de triatlhon com crianças entre 5 e 17 anos.

Para essas crianças o dia começa cedo. Não existe distinção de classe social, cor ou raça. Todos são tratados da mesma forma. Todos recebem o mesmo apoio e carinho. Carinho, aliás, é o que não falta por lá. Monike é inspiração para quem passa pelo projeto. O respeito e admiração permanece. Ela dá bronca, chama a atenção, elogia e brinca na mesma proporção. Conhece cada aluno por nome.

Ao longo dos 12 anos, 5 atletas do projeto representaram o Brasil em campeonatos mundo a fora. Bernardo Amorim, desembarcou recentemente na Lausanne – Suíça. Por conquistas como essa, que o projeto é reconhecido por órgãos importantes, como a Confederação Brasileira de Triathlon e a Chancela da Federação de Ciclismo do Rio de Janeiro. O único projeto social no Brasil com esses dois selos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito
%d blogueiros gostam disto: