Programa ‘Cuidar da Cidade’ soluciona 310 chamados da central em um dia

Na primeira ação do Cuidar da Cidade, programa criado pela Prefeitura do Rio para agilizar a solução de chamados da Central de Atendimento do 1746, foram solucionadas 310 solicitações de cidadãos em Rocha Miranda, Zona Norte da cidade. O mutirão levou, na terça-feira, dia 8 de janeiro, cerca de 450 funcionários da Seconserma, Comlurb, Rioluz, Defesa Civil, CET-Rio, Fundação Parques e Jardins, entre outros órgãos, para um trabalho de zeladoria em várias ruas do bairro.

Durante a operação, foram retiradas 29 toneladas de resíduos, recuperados 176,5 metros quadrados de sinalização horizontal, executadas 144 podas de árvore, feitos reparos em buracos em trechos de pistas que somam 847 metros quadrados de área, além de vários outros serviços (confira balanço geral abaixo do texto).

O prefeito Marcelo Crivella fiscalizou a operação no local, acompanhado do secretário Municipal da Casa Civil, Paulo Messina. Ambos auxiliaram no plantio simbólico, na Praça Oito de Maio, de uma das 27 mudas plantadas pela Fundação Parques e Jardins durante as ações dessa semana. Crivella ainda caminhou pelas ruas do bairro para vistoriar o andamento de outros serviços e falou sobre a importância do programa.

– São 160 bairros. São 52 semanas no ano. Se fizermos dois em cada semana, são 104 bairros. E completamos os demais bairros da cidade no ano que vem. São as respostas aos chamados do 1746. A Prefeitura continua fazendo todo o trabalho de conservação no dia a dia, em cada uma das regiões. Isso que estamos fazendo no mutirão é cobrir um déficit, o que não foi feito no passado – disse Crivella.

O Cuidar da Cidade vai levar as equipes dos órgãos responsáveis pela conservação da cidade a todos os bairros do Rio que apresentam relevante concentração de solicitações a serem resolvidas. O programa tem como meta atuar até o final de 2020, para assim zerar o passivo de solicitações da Central de Atendimento do 1746. 

– Rocha Miranda foi escolhida para o mutirão-piloto do projeto por ser um bairro relativamente pequeno, com um número de chamados baixo, em torno de 300 chamados. Foi um grande sucesso, os órgãos mostraram uma grande sinergia. E a gente está preparado para ir aumentando o ritmo e chegar até o seu bairro – disse o secretário da Casa Civil, Paulo Messina.

Confira abaixo o balanço da primeira operação:

Seconserma

Dados dos serviços executados:

Tapa-buraco (área): 847 m2

Limpeza de galeria de águas pluviais: 31,5 m

Limpeza de caixa de ralo: 8 unidades

Desobstrução de ramal de ralo: 685 m

Reposição de tampões ou grelhas: 35 unidades

Comlurb

Limpeza de ralos: 200 unidades

Área roçada: 20.900 m2

Capina: 8.096 m2

Raspagem: 5.120 m2

Varrição: 49.580 m2

Limpeza de postes: 65 unidades

Limpeza de praças (quant/área): 01 / 11.620 m2

Resíduos removidos: 29 toneladas

Poda de árvores mecanizada: 68

Poda de árvores a pé: 76

Destoca: 1

Rioluz

Substituição de Lâmpadas apagadas: 9 unidades

Reparo de lâmpadas acesas durante o dia: 7 unidades

Substituição de luminárias danificadas: 9 unidades

Substituição de bandeiras: 3 unidades

Limpeza de postes: 10 unidades

Desobstrução de linha de dutos: 1 unidade

Substituição de tampa de caixa de passagem: 1 unidade

Limpeza de luminárias: 11 unidades

Retirada de ligação clandestina: 02 unidades

Instalação de projetor no obelisco: 01 unidade

Retirada de luminárias desativadas: 13 unidades

Substituição de poste abalroado: 1 unidade

CET-Rio

Sinalização Horizontal (Pintura): 176,5 m2

Placas substituídas e Implantadas: 104 unidades

Postes G7 recolocados: 10 unidades

Reposição Bloco Pedestre: 2 unidades

Reposição Bloco Repetidor: 2 unidades

Substituição de Botão de Botoeira: 2 unidades

Substituição de lâmpada de sinal de trânsito: 10 unidades

Substituição de lâmpada LED de Semáforo: 3 unidades


Fundação Parques e Jardins

Plantio de árvores: 27 unidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: