Prefeitura de Guapimirim doa mais de 1.500 doses de vacinas aos pequenos produtores rurais

Na semana passada(12/11), aconteceu o lançamento da segunda etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa e raiva, deste ano, na Fazenda Tringuelê. Na ocasião estiveram presentes o Secretário e o Subsecretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Daniel Eugênio e Urias Fernandes, respectivamente e o chefe do Núcleo de Defesa Agropecuária de Cachoeiras de Macacu e veterinário, João Alysio de Mattos.

Este é segundo ano consecutivo que a Prefeitura ajuda os pequenos produtores. Nesta etapa, já foram doadas mais de 1.500 doses de vacinas que, aos poucos, estão aplicadas nos rebanhos da cidade. O objetivo é imunizar 100% dos animais do município até o fim de 2018.

Esta campanha de vacinação é muito importante para evitar que os animais contraiam essas doenças tão perigosas. Faz 12 anos que no estado do Rio de Janeiro não tem um caso de febre aftosa. Isso é muito positivo, porque mostra que o trabalho desenvolvido pelos órgãos competentes está surtindo efeitos.

De acordo com João Alysio de Mattos, recomenda-se vacinar os animais de seis em seis meses. “Porque tanto a raiva quanto a febre aftosa são doenças de notificação obrigatórias e é uma exigência do Ministério da Agricultura imunizá-los semestralmente”.

Para Danielle Vidal, veterinária e dona da propriedade: “a vacinação é importante por uma questão de saúde pública e bem-estar animal”. Ela ainda acrescentou que, como veterinária, aconselha seus vizinhos e outros pequenos produtores vacinarem seus rebanhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: