Prefeito de Belford Roxo visita unidade escolar em reforma

O prefeito em exercício de Belford Roxo, Marcinho Bombeiro, visitou a Escola Municipal Professor Paris, no Centro, e conferiu de perto a reforma que está acontecendo na quadra e banheiros, pintura do interior da unidade e instalações de ventiladores nas salas de aula. Essa é a 12ª unidade que está passando por reforma em sua estrutura, como é o caso das escolas municipais Professora Márcia de Brito, Amélia Ricci Baroni, Pedro Antônio e Creche Municipal Professor Jorge Victor de Almeida. Escolas como Albertino Lopes, Capela São José e Yolanda Costa dos Santos já tiveram sua reforma finalizada. O prefeito aproveitou para almoçar na unidade e provar o cardápio dos mais de 400 alunos que estudam na Professor Paris, divididos em três turnos dos dois segmentos e EJA (Educação para Jovens Adultos).

Marcinho Bombeiro esteve acompanhado de secretários e vereadores durante a visita e afirmou que a intenção é reformar o maior número de escolas e creches. “Essa mudança vai melhorar o ambiente para os alunos. Estamos cada dia beneficiando a educação e os espaços onde ela é aplicada”, finalizou Marcinho. O secretário de Educação, Denis Macedo, destacou a importância de uma boa infraestrutura para o aprendizado dos estudantes. “Sabemos que o espaço também faz parte de um bom rendimento escolar. Há dois anos, a rede estava deteriorada. Mas, estamos avançando a cada dia, não só nas salas que já trocamos o mobiliário ou as cozinhas, mas também nas reformas de quadra para a valorização do esporte que é fundamental para as nossas crianças, por exemplo”, ressaltou Denis ao lado de seu adjunto Valério de Castro.

De acordo com a diretora Tânia Baroni, os alunos estavam ansiosos pela reforma. “Uma educação de qualidade se faz com a participação dos pais, alunos, profissionais e uma boa estrutura. Então, a reforma vai melhorar a qualidade de ensino e complementar esse conjunto. Os alunos terão mais conforto na hora de aprender”, disse a diretora. A mãe da aluna Emanoelly Costa, 5 anos, Érica Costa, 43, gostou da reforma. “A estrutura vai ficar muito melhor para as crianças estudarem e até para o lazer delas. Está ficando bem bonita”, aprovou Érica. Um dos ouvidores mirim da unidade, Carlos Eduardo, 15, solicitou a reforma. “Eu e minhas parceiras, Heloísa e Débora fomos às salas e pedimos sugestões aos alunos para podermos fazermos as solicitações. Agora os alunos vão poder aproveitar uma quadra novinha”, disse animado ao lado de sua mãe, Daiana Ferreira, 35. “Realmente, a escola estava precisando de uma reforma”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: