Por projeto contra fake news, professora da rede municipal de Queimados é recebida pelo governador Wilson Witzel

Um projeto que saiu das salas de aula da Escola Municipal Scintilla Exel, em Queimados, na Baixada Fluminense, para um dos salões nobres do Palácio Guanabara. Essa é a trajetória da iniciativa “É Vacinal Influencer que se fala, né?”. Desenvolvida pela professora de biologia Mytse Andréa junto aos alunos do 7º ano da unidade de ensino, a ação teve como objetivo combater as fake news sobre a vacinação contra o sarampo e chamou a atenção do governador do Estado, Wilson Witzel. 

Na tarde desta segunda-feira (2), o chefe de estado recebeu, além da docente, o Prefeito de Queimados, Carlos Vilela, e, representando o Secretário Municipal de Educação, Lenine Lemos, a Subsecretária da Pasta, Dilcelina Vasconcelos. Durante o encontro, promovido na sede oficial do governo do Rio de Janeiro, em Laranjeiras, Witzel manifestou interesse em replicar o conceito do projeto para incentivar práticas inovadoras junto à Secretaria Estadual de Educação.

“Exemplos como o da Mytse também existem entre os professores da rede estadual e queremos incentivar projetos semelhantes. Quero parabenizar a professora e toda rede municipal de Queimados pelo belo trabalho que vem sendo realizado”, afirmou o governador.

Criado sob o tema gerador da Secretaria Municipal de Educação “Comunicação é a arte de educar para conviver”, o projeto já foi condecorado com os Prêmios Paulo Freire – concedido pela Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro – e Professor Alberto Pirro – concedido pela SEMED -, que notabilizam práticas inovadoras dentro da sala de aula. 

De acordo com o Prefeito Carlos Vilela, o momento é de extrema alegria. “Esse prêmio é motivo de muito orgulho para nós. Nossa cidade tem a honra de ter professores como ela, que estão sempre em busca de boas práticas com o intuito de oferecer o melhor ensino. Nosso IDEB inédito mostra que estamos trabalhando na direção certa”, concluiu o gestor.

Já a professora atribui essa conquista aos seus alunos. “A ideia do projeto foi minha, mas quem colocou a mão na massa foram eles. Com o desenrolar da ação, percebi a necessidade de unir as redes sociais para combater as fake news. Na verdade, os alunos foram verdadeiros ‘vacinal influencers’. Eu sou muito grata ao apoio que recebi de toda rede”, disse a educadora.

Docentes inspirados e criativos

Para a Subsecretária Municipal de Educação de Queimados, Dilcelina Vasconcelos, não faltam professores empenhados em levar a criatividade para o ambiente escolar da cidade. “A Mytse é um exemplo dos bons professores que temos na rede. Na próxima sexta (6), por exemplo, vamos ter uma grande Mostra Pedagógica em praça pública para levar à população tudo o que foi construído dentro de sala. Só esse ano tivemos alunos escrevendo e expondo livros na Bienal, professores com obras autorais sendo trabalhadas na articulação de leitura… Todos serão homenageados com moções honrosas pela Câmara Municipal pelos seus excelentes resultados”, declarou a educadora.

Com a presença de 30 escolas e três creches municipais, a Mostra Pedagógica 2019 será realizada nesta sexta-feira (06), a partir das 9h, na Praça dos Eucaliptos (Av. Prof. Avelino Xanxão, s/nº – Vila do Tinguá) e marcará a culminância do tema gerador “Comunicação é a arte de educar para conviver”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito
%d blogueiros gostam disto: