Polícia Civil prende um dos envolvidos na morte de candidata a vereadora de Magé

Policiais civis da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) capturaram, na manhã desta terça-feira (06/10), um homem, de 19 anos, acusado de ter matado a candidata a vereadora do município de Magé, Sandra Silva, conhecida como “Tia Sandra”. Contra ele foi cumprido mandado de prisão expedido pela Justiça pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.  Na casa do acusado também foram encontradas 314 gramas de maconha, divididos em 122 embalagens prontas para a venda, motivo pelo qual foi preso em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas.

As investigações revelaram que o crime foi motivado por desavenças da vítima com os traficantes locais, que suspeitavam que ela fornecia informações a policiais, além do fato de que a candidata dizia que denunciaria o tráfico de drogas na localidade caso fosse eleita.

Segundo as informações, Sandra foi morta a tiros, na madrugada do dia 30 de agosto deste ano. O corpo foi levado até a margem do rio Roncador, colocado em uma canoa, onde os autores remaram até determinada distância. Ainda de acordo com as investigações, os criminosos enrolaram a vítima em arame farpado, colocaram pedras para que o corpo não boiasse e o arremessaram na água. Três traficantes da região participaram do crime, sendo que um deles conseguiu fugir, enquanto o outro foi capturado.

 

 Sandra foi morta a tiros, na madrugada do dia 30 de agosto deste ano
Sandra foi morta a tiros, na madrugada do dia 30 de agosto deste ano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito