Petrópolis tem 15 pacientes aguardando internação em leitos de UTI na rede pública

Os dez novos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) previstos para serem entregues nesta segunda-feira (14) em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, ainda não chegaram. De acordo com a Prefeitura, nesta segunda, 15 pacientes aguardam na fila para internação em leitos de UTI na rede pública de Saúde.

Os 74 leitos de UTI disponibilizados pelo SUS, distribuídos pelos hospitais Alcides Carneiro, Clínico de Corrêas, Nossa Senhora Aparecida, Santa Teresa e SMH, estão ocupados. Eles não são destinados a pacientes com a Covid-19 e sim para quem pacientes com outras enfermidades.

A Prefeitura de Petrópolis tinha informado que entregaria dez novos leitos de UTI no Hospital Alcides Carneiro na sexta-feira (11), mas depois afirmou que os leitos não estão disponíveis. O motivo do atraso seria a instalação e calibragem de equipamentos.

De acordo com dados da central de regulação do município, repassados diariamente para a Defensoria Pública, seis pessoas aguardavam por vagas em leitos públicos na sexta.Município recebe mais seis leitos de UTI e sala de raio-x no Hospital Nossa  Senhora

Uma nova previsão foi divulgada para essa segunda, mas, segundo a Prefeitura, os leitos estão em “fase final de instalação de aparelhos sensíveis e sendo calibrados para início das operações”.

A previsão, agora, é de que os dez leitos sejam entregues na próxima semana.

 

Edital de contratação

 

O edital para contratação de nove leitos, por um ano, para a rede pública de Saúde de Petrópolis segue sem previsão para ser lançado.

Uma das empresas participantes entrou com um recurso, por discordar de alguns itens incluídos pela administração municipal. A Prefeitura informou que está fazendo as alterações, mas sem nenhuma data prevista para que o edital atualizado seja publicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito