Pedro supera Léo Moura e é segundo com mais gols em lista de atletas que marcaram por Fla e Flu no século

Os dois gols que o atacante Pedro marcou na vitória por 3 a 2 do Flamengo sobre o Athletico-PR, na noite de quarta-feira, garantiram a classificação do time carioca às quartas de final da Copa do Brasil. Além da vitória coletiva, o atacante avançou numa lista particular: Pedro superou Léo Moura e se tornou o jogador com o segundo maior número de gols pela dupla Fla-Flu neste século, com 51 bolas na rede.

A lista inclui jogadores que marcaram pelo menos uma vez pelos dois clubes desde 2001. Ela não tem, por exemplo, o nome de Conca, que passou pelo Flamengo, mas fez gols apenas pelo Fluminense. Romário, que só marcou pelo Flamengo antes de 2001, também fica fora.

Ser artilheiro nos dois rivais não é tarefa tão simples. Desde 2001, 44 jogadores vestiram as duas camisas, e 20 deles conseguiram marcar ao menos uma vez por Flamengo e Fluminense (veja todos os nomes ao final), segundo o site “ogol”. Na lista, apenas Thiago Neves fez mais gols pelos dois times no século 21. Atualmente no Sport, o meia marcou 66 vezes pelos rivais cariocas.

Com a camisa tricolor, Thiago foi um dos destaques do time que conquistou a Copa do Brasil em 2007 e chegou à final da Libertadores no ano seguinte. Depois, em 2012, ele ainda ganhou o Carioca e o Brasileiro pelo clube. Pelo Rubro-Negro, o meia integrou a equipe comandada por Ronaldinho Gaúcho em 2011, quando o Flamengo conquistou o Carioca e ficou em quarto lugar no Brasileiro.

Confira na tabela abaixo os dez maiores goleadores da dupla Fla-Flu no século.

OS DEZ JOGADORES COM MAIS GOLS PELA DUPLA FLA-FLU DESDE 2001

  Total de gols Gols pelo Flamengo Gols pelo Fluminense
Thiago Neves 66 21 45
Pedro 51 20 31
Leonardo Moura 49 47 2
Henrique Dourado 48 14 34
Petkovic 46 29 17
Emerson Sheik 30 21 9
Juan (lateral-esquerdo) 27 25 2
Roger Flores 23 2 21
Roni 21 3 18
Beto 20 17 3

Pedro também se destaca pelo equilíbrio entre os gols marcados nos dois clubes. Entre os dez maiores artilheiros, por exemplo, há seis que fizeram menos de dez gols em uma das equipes. Já o atual camisa 21 do Flamengo, caso marque mais 10 vezes pelo atual clube, se tornará o único com mais de 30 gols em ambos os times.

Pedro ganhou destaque com a camisa do Fluminense, em 2018, quando marcou 19 gols na temporada — Foto: André Durão/GloboEsporte.com

Com 129 jogos, Pedro também é o atleta com a segunda maior média de gols por jogo entre os que marcaram pelos dois rivais, atrás apenas de Henrique Dourado e com boa vantagem para Thiago Neves e Emerson Sheik, que estão logo abaixo.

OS DEZ JOGADORES COM AS MELHORES MÉDIAS DE GOL POR JOGO PELA DUPLA FLA-FLU DESDE 2001

  Média de gols/jogo Total de gols Total de jogos
Henrique Dourado 0,41 48 116
Pedro 0,39 51 129
Thiago Neves 0,30 66 217
Emerson Sheik 0,30 30 99
Roger Flores 0,23 23 97
Petkovic 0,23 46 199
Roni 0,21 21 96
Beto 0,21 20 94
Rafael (lateral-direito) 0,18 14 75
Alessandro (atacante) 0,17 7 39

Os dois gols marcados no último jogo também fizeram com que Pedro atingisse a melhor marca da carreira em uma temporada. O resultado mais positivo do centroavante tinha sido em 2018, pelo Fluminense, quando balançou as redes 19 vezes – agora, em 2020, ele já soma 20.

O atacante só teve a artilharia de um campeonato uma vez até aqui, em 2017, quando marcou sete vezes pelo tricolor no Campeonato Carioca. Neste ano, até o momento, Pedro é o terceiro maior goleador do Brasileiro, com 10, atrás de Thiago Galhardo (15) e Marinho (12).

Pedro ainda fica atrás de diversos jogadores no quesito títulos. Com a Primeira Liga de 2016 e o Carioca de 2020 no currículo, ele vê nomes como Thiago Neves, Emerson Sheik e Léo Moura bem à frente na comparação.

Desempenho em clássicos

Pedro marcou um dos gols do Fluminense na goleada de 4 a 0 sobre o Flamengo em 2018 — Foto: Lucas Merçon

Entre os seus 129 jogos pelos rivais, Pedro tem 11 clássicos Fla-Flu disputados e três gols marcados. Na maioria deles, entretanto, entrou já nos minutos finais. Em 2016 e 2017, quando surgiu no tricolor, o centroavante jogou cinco vezes contra o Flamengo, em todas saindo do banco de reservas. Em 2018, quando se destacou, teve as primeiras chances de jogar o clássico desde o início, no Campeonato Carioca, e marcou um gol na goleada de 4 a 0 sobre o rubro-negro em fevereiro. Em agosto, em partida contra o Cruzeiro, ele sofreu a lesão no joelho direito que o tirou do restante da temporada.

O centroavante só viria a disputar novo Fla-Flu neste ano, já com a camisa rubro-negra, todos sob comando de Jorge Jesus, pelo Carioca. Foram quatro jogos, dois entrando nos últimos minutos, com um gol marcado na final da Taça Rio e outro na primeira partida da decisão do estadual.

Pedro marcou seu segundo gol contra o Fluminense no primeiro jogo da final do Carioca deste ano — Foto: André Durão

Veja todos os 44 jogadores que atuaram ao menos uma vez por Fla e Flu desde 2001 (com * os que marcaram pelas duas equipes):
Airton, Alessandro*, Beto*, Caio, Chiquinho, Conca, Diego Souza*, Egídio, Emerson Sheik*, Fabiano Eller*, Fabinho, Fabrício, Felipe*, Fernando, Fernando Diniz*, Gerson*, Henrique, Henrique Dourado*, Jailton, Jean, Josafá*, Juan*, Julio Cesar, Junior Cesar, Kayke, Leandro Amaral, Leo, Leonardo Moura*, Lopes*, Marcelo, Pedro*, Petkovic*, Rafael*, Renato Silva, Roger Flores*, Ronaldinho, Roni*, Schneider, Thiago Gosling, Thiago Neves*, Toró*, Tuta, Wellington Silva e Yan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito