Ocupação hoteleira no Centro Histórico de Petrópolis chegou a mais de 80% neste Natal

O que antes era considerado um período com pouco movimento, agora é uma das melhores temporadas para o turismo de Petrópolis. Junto com o Natal Imperial veio também hotéis e pousadas lotados. No período de 22 a 25 de dezembro – o que incluí a ceia de Natal – a Turispetro registrou 83% de ocupação hoteleira no Centro Histórico, onde estão os principais palcos da festa. Durante todo o fim de semana que antecedeu o feriado, lojas, restaurantes e pontos turísticos também comemoraram o bom movimento. As ruas estiveram cheias por conta da programação do Natal Imperial, que contou com desfile e shows.

Para o Réveillon, a taxa da ocupação hoteleira também deverá ultrapassar os 80%. Os números do Observatório do Turismo mostram que a cidade vem passando por uma mudança no setor desde o início da festa. Em 2016, por exemplo, quando ainda não havia o Natal Imperial, a ocupação nos hotéis e pousadas do primeiro distrito foi de apenas 52% entre os dias 23 e 25 de dezembro, e de 58% em todo município – número que subiu para 71% em 2018, de 22 ao dia 25. A tendência é de aumentar cada vez mais.

Os turistas, agora, estão escolhendo passar o Natal na Serra, estão trocando as regiões de praia por Petrópolis. E muito disso se deve ao Natal Imperial. As pessoas querem entrar no clima da festa e a cidade traz todo esse encantamento com a decoração, iluminação e programação especial. Petrópolis tem registrado pessoas vindo de todos os cantos do país e até estrangeiros. Isso é receita que entra no município, é a nossa economia aquecida através do turismo.

Resultado de imagem para centro de petropolis

A bancária Ana Paula Santos, que é moradora de Araruama-RJ, é um exemplo de famílias que escolheram a Cidade Imperial para passar o Natal. Ela veio com um grupo de três adultos e duas crianças. “Chegamos em Petrópolis no dia 22 e ficamos até o dia 25. No ano passado, nós estávamos em casa e acompanhamos as notícias da festa, pela TV e internet, mas não conseguimos ir. Aproveitando esse ano, que teve um Natal “emendado”, consegui uma folga no dia 24 e fomos. Em junho ou julho já tínhamos feito a reserva no hotel. Ficamos no Centro Histórico. Passeamos no Palácio de Cristal, vimos as luzes, assistimos ao desfile, a cidade está muito bonita. O que mais gostamos foi a tranquilidade de conseguir passear pelo Centro, sem precisar do carro. As crianças curtiram bastante”, contou, ela, que improvisou uma ceia de Natal no quarto do hotel.

Mas diversos hotéis e pousadas serviram a ceia de Natal para os hóspedes e visitantes e também já se preparam para o Réveillon, com grandes festas e queima de fogos. Além disso, o Natal Imperial – que só termina no dia 20 de janeiro – é um atrativo a mais para os visitantes. A prévia da ocupação já ultrapassa os 70%, mas no final esse número sempre aumenta, porque muitas pessoas deixam para fazer as reservas em cima da hora. Estamos muito felizes com os resultados do turismo em dezembro. Temos certeza de que a tendência é só melhorar nos próximos anos. Petrópolis já se firmou como um dos principais destinos do estado para as festas de fim de ano.

Atrações do Natal Imperial movimentam a cidade

O último fim de semana esteve lotado por conta das atrações do Natal Imperial. Com grandes shows no Parque Municipal, em Itaipava – como Lenine, Diogo Nogueira e Alceu Valença – e uma programação variada no Centro Histórico, os visitantes aproveitavam os espaços da festa. Entre os destaques também estavam corais, orquestras, shows com Valentina Francisco, Letícia Laranja Trio, desfile da Parada Iluminada, entre outros. Neste fim de semana, tem shows com Duo Gabi e Dani, Tokaia, Gabriel Silva, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: