Nova Iguaçu é representada por escolas em Feira de Ciência e Tecnologia e Inovação

Três escolas, entre elas a Escola Municipal Padre Agostinho Pretto, estão representando Nova Iguaçu na 13ª edição da Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Rio de Janeiro (FECTI), realizada nesta sexta-feira (6) e sábado (7), no CEFET/RJ, no Maracanã. Nova Iguaçu busca o tricampeonato estadual, já que ganhou as disputas de 2017, com o CIEP CDA Bra/USA, e de 2018 com o CEFET do município.
Além da Escola Municipal Padre Agostinho Pretto, estão o CIEP Carlos Drummond de Andrade Brasil/Estados Unidos e CEFET Nova Iguaçu.
Alunos do 8º e 9º ano do Padre Agostinho Pretto apresentaram um trabalho sobre reciclagem e sustentabilidade, com o objetivo de despertar a consciência da sociedade para a importância da separação do lixo e da reciclagem. A unidade escolar foi ‘transformada’ em um Ecoponto, onde os alunos levavam alumínio e garrafas pet para serem reciclados.
O processo de coleta seletiva na escola contribuiu na redução de lixo e na sustentabilidade ambiental, transformando os hábitos de gerenciamento dos resíduos sólidos no bairro Califórnia, em Nova Iguaçu, com a retirada de 293 quilos de lixo.
A Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Rio de Janeiro deste ano teve 176 projetos selecionados, que estão sendo apresentados ao público e à comissão de avaliação (Comitê Científico), formada por professores e pesquisadores. Os trabalhos estão divididos em seis categorias: Ciências no Ensino Fundamental II – 6° e 7° ano; Ciências no Ensino Fundamental II – 8° e 9º ano; Ciências Biológicas & da Saúde; Ciências Exatas e da Terra; Desenvolvimento de Tecnologia; Interdisciplinar – as quatro últimas são voltadas para estudantes do ensino médio e técnico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito
%d blogueiros gostam disto: