Nova Iguaçu amplia exames de alta e média complexidade

Pacientes de Nova Iguaçu que precisam de exames de cintilografia e ressonância magnética pelo Sistema Único de Saúde (SUS) já podem ser atendidos no município. Através de um convênio com a clínica Dimagem, a Secretaria Municipal de Saúde está conseguindo viabilizar estes exames na própria cidade, que já começaram a ser realizados nesta semana. O convênio permite também a realização de mamografias pela clínica.
Desde 2016 os exames de cintilografia e ressonância magnética não eram realizados em Nova Iguaçu. Os pacientes eram encaminhados para clínicas conveniadas ou centros de imagens de outros municípios, através da Central Municipal de Regulação.

“Este convênio só foi possível após o governo do Estado ampliar o repasse para o Hospital da Posse. Com isso, ganhamos fôlego e estamos conseguindo investir em outros setores da saúde. Antes, Nova Iguaçu praticamente pagava sozinho os custos do hospital, que está passando por uma grande reforma e recebendo novos equipamentos”, afirmou o prefeito de Nova Iguaçu, Rogerio Lisboa.

Por mês, serão realizados uma média de 550 exames na Dimagem pelo SUS. Até o momento, já foram agendados 96. O motorista José Ubiratam de Menezes de 43 anos, foi um deles. Após levar um susto ao passar mal com problemas cardíacos no final do ano passado, ele começou a se tratar com cardiologista na Clínica da Família de Austin.

“Fiz uma bateria de exames recentemente e faltou a cintilografia. Fiquei muito preocupado, pois tinha visto uma reportagem sobre a fila de espera em todo o Estado do Rio. Nem acreditei quando me ligaram na semana passada passando a data. Foi muito rápido e melhor, pelo SUS, sem pagar nada”, contou o motorista.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Manoel Barreto, a meta é zerar a fila de espera na cidade. Para ele, o convênio foi um grande ganho para os iguaçuanos. “Mais pessoas poderão ter acesso aos exames de forma rápida e isso pode salvar vidas. São exames de alta e média complexidade que serão realizados em uma clínica de ponta”, afirmou.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a Central Municipal de Regulação já está entrando em contato com os pacientes da fila de espera para saber se ainda possuem indicação clínica para os exames. Caso ainda haja necessidade, eles serão reagendados. Os pacientes de Nova Iguaçu com indicação médica e pedido para esses exames também podem procurar diretamente uma unidade de saúde para o agendamento, que é feito na hora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: