Nomes de peso do futebol defendem Modric como melhor do mundo

É até injusto comparar os números de Cristiano Ronaldo aos de Luka Modric. Um é atacante, artilheiro e atua sempre mirando no gol. O outro é o chamado “playmaker”, criador de jogadas, que está ali exatamente para consagrar o companheiro. A questão é: quem jogou o melhor futebol na temporada? E neste caso a avaliação é bem mais complexa.

O português foi o artilheiro da Liga dos Campeões, mas o croata também teve enorme contribuição no título do torneio, conquistado pelo Real Madrid pelo terceiro ano seguido. O maior feito do camisa 10 foi ter levado a Croácia a uma surpreendente final de Copa do Mundo. Não tem o brilho de CR7, mas destacou-se por exercer – brilhantemente – todas as funções no campo, as ofensivas e até as defensivas. Por isso, recebeu o merecido reconhecimento pelo craque que é.

É assim que pensam os nomes de peso entrevistados pelo GloboEsporte.com na cerimônia do Fifa The Best, que coroou Modric como melhor jogador do mundo de 2018, superando Cristiano Ronaldo (2°), Salah (3°), Mbappé (4°), Messi (5°) e tantos outros. Cafu defende essa tese.

– Para mim é o Modric, sem sombra de dúvida. Fazemos uma análise bem tática, técnica e comportamental de todos os atletas. Já tive a oportunidade de votar quando era capitão. Meu voto era muito minucioso. Eu estudava, via os pontos. Por tudo aquilo que o Modric fez na temporada, acho que ele mereceu ganhar – avaliou o pentacampeão e ex-capitão da seleção brasileira.

Outra opinião de peso a favor de Modric é a do técnico da Alemanha, Joachim Löw.

– Eu acho que o melhor foi Luka Modric, porque ele foi um líder na Croácia. A seleção foi finalista da Copa, ele jogou muito bem. Cristiano Ronaldo e Salah também são muito bons, mas acho que o Modric foi o melhor da temporada – disse o técnico campeão do mundo em 2014.

Antes de o prêmio ser entregue, a maioria das personalidades que passava pelo tapete vermelho já apostava na vitória do croata, como fez Ronaldo Fenômeno.

– Acho que vai dar Luka Modric. Foi um ano de Copa do Mundo, e ela tem muita relevância. O que foi mais longe na Copa provavelmente ganhará – atirou o ex-atacante, de forma certeira.

Como técnico do Brasil, Tite havia votado em Modric para melhor do mundo. Ele foi seguido pelo coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, que representou a entidade no evento.

– Acho que o Modric vai levar o prêmio, merecidamente. E torço por ele – confessou Edu.

E o próprio Luka Modric falou sobre o tema após a cerimônia e se mostrou muito feliz e emocionado por ter sido valorizado. Aos 33 anos, ele quebrou o longo domínio de Cristiano Ronaldo e Messi, que se alternaram no topo nos últimos 10 anos.

– Fico feliz que reconheçam outros jogadores, que talvez antes não tenham sido reconhecidos e mereciam ganhar esse tipo de prêmio. Fico feliz que não valorizem só os gols, que são importantes, claro, assim como tudo o que esses jogadores fazem, sobretudo Messi e Cristiano. São coisas fora deste mundo. São os dois melhores jogadores do mundo. Mas também é preciso reconhecer outros quando têm um bom ano. Fico feliz que tenha sido assim. Tomara que no futuro tenhamos outros exemplos que não sejam somente jogadores de ataque, mas também meio-campistas e defensores – disse o craque croata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: