Neymar volta e comanda a vitória do Brasil em teste contra a Croácia

Neymar está de volta. Neste domingo, após um primeiro tempo sonolento, o astro do Paris Saint-Germain substituiu o volante Fernandinho no amistoso contra a Croácia e provou estar plenamente recuperado da contusão que o afastou dos gramados nos últimos três meses. Foi dele o primeiro gol da vitória por 2 a 0 em Anfield, casa do Liverpool. Roberto Firmino, atacante do time inglês, fechou o placar nos acréscimos.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

O amistoso foi o penúltimo da Seleção Brasileira antes da estreia na Copa do Mundo da Rússia. No domingo que vem, em Viena, o time dirigido por Tite será testado diante da Áustria, que não estará no Mundial, mas derrotou a Alemanha por 2 a 1 no sábado. Já a Croácia ainda jogará contra Senegal na sexta-feira, diante da sua população.

No grupo E da Copa do Mundo, o Brasil terá pela frente a Suíça (17/06), a Costa Rica (22/06) e a Sérvia (27/06). A Croácia está na chave D, pela qual enfrentará a Nigéria (16/06), a Argentina (21/06) e a Islândia (26/06).

Primeiro tempo sonolento

Com o volante Fernandinho como armador central, a Seleção Brasileira era pouco criativa diante de um time que não tinha interesse de propor o jogo, como ocorreu no último amistoso, contra a Alemanha. Mesmo com a postura comedida, a Croácia passou bastante tempo com a bola nos primeiros minutos.

O Brasil só foi finalizar pela primeira vez aos 22 minutos, quando Philippe Coutinho arriscou um chute de fora da área e mandou a bola por cima do gol. Tentando se sentir em casa no estádio do Liverpool, seu ex-clube, o meia tentou se encarregar de fazer o jogo da Seleção fluir, com mais uma conclusão torta na sequência.

As jogadas violentas, porém, ainda causavam maior preocupação do que os ataques das duas equipes. Thiago Silva, por exemplo, recebeu uma entrada dura no joelho e ficou um tempo considerável caído no gramado. Depois, levantou-se, fazendo com que o concorrente Marquinhos voltasse a se sentar no banco de reservas.

Nos minutos finais da primeira etapa, quem se soltou foi Willian, tentando triangular com Danilo e Paulinho na ponta direita e concluir cruzado. Ainda era muito pouco, contudo, para uma seleção que chegará à Copa do Mundo da Rússia como uma das favoritas à conquista do troféu.

Neymar volta e decide

Tite tinha uma solução óbvia para dar mais mobilidade à Seleção Brasileira no segundo tempo. Recuperado da cirurgia para corrigir uma fratura no quinto metatarso do pé direito, Neymar foi acionado e enfim voltou a jogar. Substituiu Fernandinho, que não conseguia render como um articulador ofensivo.

Bastaram 10 minutos para perceber que o Brasil era outro com a mudança, apresentando um futebol bem mais vistoso. Nesse período, Willian, Coutinho e Marcelo fizeram a defesa da Croácia trabalhar, e o técnico Zlatko Dalic resolveu entrar em ação. Trocou Corluka por Caleta-Car e, depois, Modric por Kovacic.

As alterações croatas foram a senha para Tite começar a fazer testes e a preservar jogadores da formação brasileira. Marcelo e Gabriel Jesus saíram para as entradas de Filipe Luís e Roberto Firmino, atacante do Liverpool, clube anfitrião do amistoso deste final de semana. Mais tarde, Marquinhos substituiu Miranda.

Apesar de bastante mexido, o Brasil conseguiu inaugurar o marcador. Aos 23 minutos, Willian enfiou a bola para Coutinho, que acionou Neymar do lado esquerdo da área. Já sem insegurança por ter se reabilitado há pouco tempo de contusão, o astro clareou entre três defensores e concluiu com força, para o travessão e a rede.

O Brasil passou a jogar mais tranquilo depois de construir a vantagem, com mais espaço e bastante velocidade pelos lados do campo. Nos minutos finais, Tite aproveitou para fazer outras duas alterações. Fred e Taison, ambos do Shakhtar Donetsk, assumiram os postos de Coutinho e Willian, desentrosando o ataque nacional.

Mesmo com a equipe já desorganizada taticamente, tal qual ocorria com a Croácia, o Brasil ampliou. Já aos 47 minutos do segundo tempo, Roberto Firmino recebeu lançamento de Casemiro dentro da área, matou no peito e encobriu o goleiro Subasic para completar a festa diante de muitos torcedores do Liverpool.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 2 X 0 CROÁCIA

Local: Estádio Anfield Road, em Liverpool (Inglaterra)

Data: 3 de junho de 2018, domingo

Horário: 11 horas (de Brasília)

Árbitro: Michael Oliver (Inglaterra)

Assistentes: Stuart Burt e Simon Bennett (ambos da Inglaterra)

Cartões amarelos: Fernandinho (Brasil); Kramaric, Perisic, Rakitic (Croácia)

Gols: BRASIL: Neymar, aos 23, e Roberto Firmino, aos 47 minutos do segundo tempo

BRASIL: Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda (Marquinhos) e Marcelo (Filipe Luís); Casemiro, Paulinho, Willian (Taison), Fernandinho (Neymar) e Philippe Coutinho (Fred); Gabriel Jesus (Roberto Firmino)

Técnico: Tite

CROÁCIA: Subasic; Vrsaljko (Jedvaj), Corluka (Caleta-Car), Lovren e Vida; Rakitic (Bradaric), Badelj (Brozovic), Rebic (Pjaca), Modric (Kovacic) e Perisic; Kramaric

Técnico: Zlatko Dalic

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: