Musical “Feminina” lota teatro em Queimados

Uma noite de sábado essencialmente “Feminina”. Pela primeira vez na cidade de Queimados, o espetáculo teatro-musical que trata – com muito humor e leveza – das diversas faces do universo das mulheres, lotou o Teatro Metodista e contou com a presença de diversas autoridades, como o Prefeito Carlos Vilela, a primeira-dama, Lúcia Vilela, e o Secretário Municipal de Cultura e Turismo, Marcelo Lessa.
 
A peça, originalmente executada pela Companhia Trupe da Arte, como parte do projeto “Coragem é coisa de mulher”, abordou a essência da mulher por meio de canções populares brasileiras e músicas autorais produzidas especialmente para o espetáculo. Em uma das cenas, a violência contra o gênero feminino é exposta de forma a causar reflexão.
 
De acordo com o prefeito Carlos Vilela, o município de  Queimados está de portas abertas para manifestações culturais de qualidade. “Só tenho a agradecer a estes grandes artistas que mostraram de forma tão bonita um pouco mais da realidade da mulher. São guerreiras que cuidam, trabalham e criam todos os dias e merecem respeito incondicional”, afirmou o prefeito.
 
Com direção geral e roteiro de Sandra Serrado e Direção Artística de Márcio Vasconcellos, o ‘Feminina’ tem cerca de 80 minutos de duração. Especialmente em Queimados, a produção da obra ficou por conta do D-Kara Coletivo Cultural, uma produtora cultural alternativa do município.
 
Para o Secretário Municipal de Cultura e Turismo, Marcelo é sempre importante receber companhias de teatro na cidade. “Ter um teatro disponível e ativo além de ser muito importante para estimular a cultura, é também um ótimo ponto como diferencial em nossa cidade. Várias pessoas que não têm o hábito de ver um espetáculo, por exemplo, tiveram a oportunidade de comparecer a uma peça aberta e gratuita”, concluiu o secretário.
 
Reconhecimento
 
Após o fim da apresentação, a organização do evento homenageou 20 personalidades femininas relevantes na sociedade queimadense por meio do prêmio “Tia Dalva”, honraria criada em memória a Dalva Ferreira Martins, militante dos direitos das mulheres e da igualdade racial no município, que faleceu há três meses.
 
Familiares da ativista receberam a homenagem das mãos do Prefeito Carlos Vilela e se emocionaram com as lembranças da luta travada pela mineira, que contribuiu também para a emancipação do município de Queimados na década de 80.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *