Museu da Marinha na Ponta da Areia, em Niterói, poderá ser aberto ao público nos fins de semana

Niterói poderá contar, em breve, com mais um importante equipamento cultural no seu circuito de museus históricos. A Prefeitura de Niterói discute uma parceria com a Marinha para que o Espaço da Memória Histórica da Diretoria de Hidrografia e Navegação, situado no complexo naval da Ponta da Armação, no bairro da Ponta da Areia, seja aberto ao público nos finais de semana.



Nesta quarta-feira (19), o prefeito Rodrigo Neves visitou o local e o navio de pesquisa hidroceanográfico Vital de Oliveira. Ele foi recebido pelo vice-almirante Antonio Fernando Garcez Faria e diretores da instituição. A secretária municipal de Fazenda, Giovanna Victer, e o Chefe de Gabinete, José Antonio Fortuna Nogueira, o Barroco, acompanharam a visita.

“Esse é um espaço muito interessante e de uma grande importância histórica. Quando for aberto ao público, vai valorizar muito o bairro da Ponta da Areia”, ressaltou Rodrigo Neves.

O museu fica no andar térreo da Casa d`Armas da Ponta da Armação, que pertence a um patrimônio arquitetônico nacional e foi construído entre os anos de 1644 e 1666, em pleno período do Brasil Colônia. O espaço guarda maquetes, fotos e documentos referentes que contam a histórica da hidrografia brasileira, compreendendo a evolução da Cartografia Náutica, da Oceanografia, da Meteorologia, da Segurança da Navegação, da Sinalização Náutica e da Pesquisa Científica na Antártica.

O prefeito também visitou o Navio de Pesquisa Hidroceanográfico Vital de Oliveira, ancorado no complexo naval. A embarcação possui a maior quantidade de equipamentos científicos a bordo de todo o cone sul, capazes de atender a todas as áreas de conhecimento das ciências do mar, incluindo levantamentos topográficos do fundo do mar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: