Mônica Areal palestra em reunião de Fortalecimento da Rede em Mesquita

Delegada titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, Mônica Areal palestrou na reunião de Fortalecimento da Rede em Mesquita na última quarta-feira, dia 12 de fevereiro. A ação, promovida pela Subsecretaria de Políticas para as Mulheres do estado do Rio, aconteceu no Fórum de Mesquita, na parte da tarde, e lotou o auditório do edifício, no terceiro andar. Para a reunião, compareceram representantes do governo estadual, da anfitriã Mesquita e de municípios como Nova Iguaçu, Nilópolis, Queimados e Japeri.

A delegacia não é o lugar onde se resolve todos os problemas. É muito importante tentar preservar o núcleo familiar. Nesse sentido, é fundamental o atendimento psicológico e social. Quando esse serviço existe, é prestado com qualidade e a mulher consegue se livrar de toda a situação de opressão, muitas vezes ela nem chega perto de uma delegacia”, discursou Mônica, ressaltando a importância da atuação dos governos municipais no acolhimento às vítimas de violência doméstica.

Entre os presentes, estavam também Erika Rangel, secretária municipal de Assistência Social de Mesquita; o defensor público da Comarca de Nova Iguaçu, Antônio Carlos de Oliveira; e Patrícia Xavier, superintendente de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher do estado do Rio, entre outros representantes. Coordenadora Municipal de Políticas para Mulheres de Mesquita, Silvânia Almeida entende bem o que foi defendido por Mônica. Só em 2019, foram realizados 462 atendimentos pela equipe técnica do Centro Especializado de Atendimento à Mulher de Mesquita. “Desse total, 99 foram com mulheres que estavam indo ao CEAM pela primeira vez. Os outros 363 atendimentos foram de retorno”, informa Silvânia.

O CEAM de Mesquita funciona na Rua Paraná 1, no Fórum de Mesquita, e atende mulheres em situação de violência doméstica, sexual e de gênero, sem qualquer distinção. O serviço é realizado por uma equipe técnica multidisciplinar capacitada, formada por assistente social, advogada e psicóloga, e funciona de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h horas, sem necessidade de agendamento.

Em Mesquita, algumas estratégias são trabalhadas para dar mais autoconfiança e independência financeira às mulheres. O Espaço Mulher Mesquitense, na Vila Emil, atua como um centro de debates e de cursos profissionalizantes gratuitos. Além disso, oferece atividades físicas e atendimento nutricional e social, entre outros serviços. O endereço é Rua Libânia 195 e o funcionamento é das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira.

Quando começamos, apostamos muito na formação de profissionais ligadas à estética, com turmas de cabeleireira, barbeira e penteado e maquiagem. São atividades que possibilitam que essas mulheres trabalhem como autônomas, em horários alternativos e até mesmo na própria casa. Assim, o trabalho não interfere na rotina familiar e garante uma renda extra e segurança financeira e emocional para elas”, analisa a secretária municipal de Assistência Social de Mesquita, Erika Rangel.

Desde o ano passado, porém, uma novidade tem feito bastante sucesso no Espaço Mulher Mesquitense. Inclusive com fila de espera para preencher as vagas. “Estabelecemos uma parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e estamos oferecendo o curso de cuidadora de idosos. Essa é uma área em expansão e, com a expectativa de vida da população aumentando, a tendência é que seja uma profissão bem promissora”, avalia Silvânia Almeida. No Espaço Mulher Mesquitense há também curso de Artesanato e Customização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito