Ministério Público recorre da decisão que suspende inelegibilidade de Marcelo Crivella

O Ministério Público Eleitoral recorreu da decisão que suspendia a condenação por abuso de poder político do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos).

O procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros pede a reconsideração da decisão do relator ou que o caso seja levado ao Plenário do TSE.

De acordo com decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ), Crivella se tornou inelegível por oito anos.

Segundo a Procuradoria Geral da República (PGR), Crivella praticou abuso de poder político ao utilizar funcionários e bens da Comlurb em evento político-eleitoral em setembro de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito