Menina de 3 anos resgatada 91 h após terremoto na Turquia pediu bolinho de carne e iogurte

Ayda Gezgin, uma menina de 3 anos que foi resgatada com vida nesta terça-feira (3), quase quatro dias após um terremoto na Turquia, pediu bolinho de carne e iogurte aos socorristas logo após ser retirada dos escombros sob aplausos.

Em um vídeo compartilhado pelo ministro da Saúde turco, Fahrettin Koca, é possível ouvir a pequena Ayda pedir “kofte et ayran”, expressando sua vontade de comer bolinhos de carne à moda turca e uma bebiba à base de iogurte muito popular no país.

“Quando eu perguntei se ela estava bem, ela pediu a bebida que adora”, afirmou o socorrista Ibrahim Topal. “A felicidade que sentimos é indescritível”.

Após o resgate, Ayda foi envolta em um cobertor de alumínio de emergência, para manter a temperatura corporal em um nível adequado, e foi levada consciente para um hospital. Agentes filmaram a cena com seus celulares para capturar o momento de emoção.

A menina Ayla Gezgin foi resgatada com vida de escombro, após 91 horas terremoto atingir a Turquia — Foto: Reprodução / Tunc Soyer / Twitter,

Detalhes do resgate

Topal, um dos socorristas que participou do resgate, trabalhava no local com o colega Ahmet Celik quando ambos ouviram uma voz. Eles cavaram um buraco com as mãos, e Celik viu uma pequena mão. Ao continuar cavando, eles viram o rosto da Ayda.

Celik acredita que ela sobreviveu porque ficou protegida por eletrodomésticos da cozinha, sem ser totalmente soterrada pelos escombros.

Ayla estava sentada em um espaço que havia ficado intacto entre a bancada e a máquina de lavar, afirmou um dos socorristas à rede de televisão NTV.

Políticos comemoram

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, celebrou “um milagre que se chama Ayda”. “Teus olhos sorridentes nos deram uma nova esperança”, escreveu Erdogan em uma rede social.

“Testemunhamos um milagre 91 horas depois. As equipes de resgate recuperaram Ayda, de 4 anos. Viva”, disse o prefeito, Tunc Soyer, em uma rede social.

Ayda foi retirada das ruínas de um edifício no distrito de Bayrakli, perto da cidade de Izmir. “Neste momento de sofrimento, também tivemos este momento de alegria”, afirmou o prefeito.

Terremoto no Egeu

O terremoto que atingiu o Mar Egeu na sexta-feira (30) já deixou mais de 100 mortos e quase mil feridos. A região mais afetada foi o balneário turístico de Izmir, no oeste da Turquia, mas o tremor atingiu também a ilha grega de Samos, matando duas pessoas.

Ontem, as equipes de resgate já haviam retirado outras duas meninas vivas, uma de 3 e outra 14 anos. Elas estavam soterradas sob dois prédios destruídos na periferia da cidade. Uma das sobreviventes era a pequena Elif.

Imagens mostram resgate da pequena Elif dos escombros do terremoto na Turquia — Foto: Izmir TRAC/Handout/Reuters TV

No sábado (30), um idoso de 70 anos foi resgatado vivo após 33 horas. Ahmet Citim disse “nunca perdi a esperança”, segundo o ministro da Saúde turco, e foi levado ao hospital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito