Mais de 130 pessoas foram notificadas na barreira sanitária de Rio Bonito com sintomas de coronavírus

Criada no início do mês de abril, depois de um decreto municipal, a barreira sanitária instalada no Green Valley, hoje é uma das ferramentas usadas pelas Secretarias de Saúde, com apoio da Segurança e Ordem Pública, para tentar conter a proliferação do novo coronavírus, e consequentemente evitar um colapso na saúde municipal. Até a última quinta-feira (21), 133 pessoas tinham alteração na temperatura corporal, um dos sintomas do coronavírus.

Segundo dados das duas pastas, somente na semana de 08 ao dia 14 deste mês, mais de 2500 veículos passaram pela barreira, mais de 90 carros foram impedidos de entrar na cidade pelo Green Valley porque não conseguiram comprovar a necessidade do ingresso, e duas pessoas foram verificadas e tinham temperatura acima dos 37,8°. Já na última semana, de 14 ao dia 21, o número aumentou, 15 pessoas foram detectadas com temperatura alta.

Até o início da barreira sanitária, 133 pessoas foram notificadas, ou seja, tinham a temperatura corporal alterada e por isso foram orientadas a fazer isolamento por 14 dias. Se dentro desse período, a pessoa tiver piora dos sintomas, ela deve procurar orientação na unidade de saúde mais próxima da sua casa.

Todos os dias, seis funcionários são destacados para estarem na barreira, entre guardas municipais e profissionais da Saúde. Se a pessoa com a temperatura verificada não for morador de Rio Bonito, recomenda-se que procure a unidade de saúde do seu município caso sinta mais algum sintoma.

De acordo com o secretário de Segurança e Ordem Pública, Márcio Soares, esses números são importantes para embasar as ações da Prefeitura no combate ao covid. “Sabemos que isso (barreira Sanitária) causa um pouco de transtorno no dia a dia da população, mas é necessário para proteger os riobonitenses e evitar um colapso na saúde do município”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito