Mais de 1,2 milhão de pessoas já baixaram o CRLV digital

No Estado do Rio, o licenciamento de veículos de passeio pode ser feito 100% digital e os proprietários não precisam mais ir a uma unidade de atendimento do Detran.RJ para emissão anual do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV). Durante a pandemia, mais de 1,2 milhão de pessoas optaram por essa facilidade e baixaram a versão digital do documento em aparelhos celulares ou tablets, sem precisar agendar o serviço ou sair de casa.

No total, de janeiro a outubro deste ano, entre licenciamentos em documento físico e digital, 2,5 milhões de pessoas já licenciaram seus veículos, o que representa cerca de 80% dos veículos licenciados em 2019. Embora o Detran esteja fazendo 25 mil licenciamentos presenciais por dia, o departamento orienta a população a buscar a versão digital do documento para evitar aglomeração nas unidades.

Segundo dados do Detran, cerca de 300 mil proprietários já pagaram as duas taxas obrigatórias – GRT (Guia de Recolhimento de Taxa, disponível no site do Bradesco) e o DPVAT (seguro obrigatório devido à Seguradora Líder) -, e estão aptos a baixar o documento, mas ainda não o fizeram.

A versão digital, válida em todo o território nacional, é a mais indicada para este momento de pandemia. Além de permitir ser baixado em até cinco dispositivos como celulares e tablets, o documento digital pode ser impresso pelo próprio motorista, em casa, e substitui completamente o tradicional documento em papel verde. Se algum agente de fiscalização solicitar o CRLV em uma blitz, por exemplo, o motorista pode apresentar tanto a versão digital no aplicativo Carteira Digital de Trânsito quanto a impressão em papel A4 ou similar feita em casa.

“O tempo é de retomada, mas ainda estamos numa pandemia. Hoje já temos uma forma muito rápida e prática para ter o documento de licenciamento do carro, que é o CRLV digital. Os proprietários de veículos podem regularizar o licenciamento anual no próprio celular ou tablet e baixar o documento em até cinco dispositivos diferentes, ou seja, outras pessoas que usam o carro podem ter o licenciamento nos celulares também. Tudo isso com toda comodidade, sem precisar sair de casa, ou agendar, e nem se deslocar até um posto do Detran”, frisou o presidente do Detran.RJ, Adolfo Konder.

Para quem quer baixar o CRLV digital, é preciso ter o aplicativo Carteira Digital de Trânsito, disponível gratuitamente para os sistemas Android e IOS. Apenas os proprietários que tiverem quitado os boletos de GRT (Guia de Recolhimento de Taxa, disponível no site do Bradesco) e DPVAT (seguro obrigatório devido à Seguradora Líder) conseguirão fazer o download do documento.

O Detran disponibiliza um link para verificar a situação atual do CRLV. Se todas as taxas estiverem quitadas, aparecerá uma versão parcial do documento de 2020. Caso, apenas a versão de anos anteriores apareça, é sinal de que alguma taxa deixou de ser paga.

No aplicativo Carteira Digital de Trânsito, um tutorial explica como realizar o procedimento. O primeiro passo é se registrar, pelo próprio aplicativo, no gov.br, que é o cadastro do governo federal para documentação em geral. Nele, o motorista também pode baixar a CNH Digital, válida em todo o território nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito