Magé vence Prêmio Prefeito Empreendedor

O projeto ‘Agricultura Familiar contribuindo para a Segurança Alimentar’ foi o vencedor na categoria Pequenos Negócios no Campo, na 10ª edição do Prêmio Prefeito Empreendedor realizado pelo Sebrae. A cerimônia aconteceu nesta última quinta-feira (28) no Palácio Guanabara.

“Muitos não sabem, mas Magé faz parte da história do Rio de Janeiro e do Brasil. Nosso município têm 453 anos e foi onde teve o Porto de Estrela e a primeira linha férrea do Brasil. Hoje realmente a gente se abre para o agronegócio, os pequenos empreendedores e a agricultura familiar. A BR-116 entre outras importantes rodovias passam por Magé ou estão próximas ao nosso município, nossa cidade está num ponto estratégico de logística e é um local privilegiado. Estamos trabalhando por essa abertura comercial e esse reconhecimento do nosso potencial agrícola”, destacou o prefeito Rafael Tubarão, que recebeu o prêmio, acompanhado do secretário municipal de Agricultura Sustentável, Álvaro Alencar.

Magé foi o vencedor na categoria em que disputou com 11 municípios do Rio de Janeiro na final da etapa estadual do prêmio. Agora o projeto segue para a etapa nacional, que será realizada em Brasília.

“Nessa primeira etapa o prefeito foi premiado com uma viagem para o Vale do Silício, na Califórnia. A intenção do Sebrae é que todos os prefeitos vencedores tenham uma experiência

proveitosa com alguma tecnologia ou com uma informação inovadora para o seu município. Agora nós vamos concorrer nacionalmente nessa categoria “Pequenos Negócios no Campo”, onde o prefeito Rafael Tubarão, vencedor do estado do Rio de Janeiro vai concorrer com os outros 26 estados e lá também terá uma premiação que eu tenho certeza que nós vamos ganhar”, explicou Margareth Kelly, coordenadora regional Baixada Fluminense II do Sebrae/RJ.

Por que o Vale do Silício?

O Vale do Silício é considerado o maior polo de inovação do mundo, engloba empresas que possuem absoluto domínio quanto à tecnologia de ponta e é pioneiro no desenvolvimento de modelos de financiamento acessíveis para projetos ligados à área de tecnologia. As empresas localizadas nele não limitam esforços investidos em invenções e viabilização de novas ideias, fazendo jus ao status de líderes mundiais em inovação.

No último ano, grandes produtores rurais e representantes de empresas do agronegócio brasileiro buscaram os centros de pesquisa multinacionais e as startups mais inovadoras do mundo, com foco em obter mais desenvolvimento pois enxergam potencial de crescimento rápido no setor agrícola, onde é possível aplicar de tudo: robótica, drones e inteligência artificial, por exemplo..

Projeto beneficia diretamente 1,2 mil produtores rurais

O projeto ‘Agricultura Familiar Contribuindo para a Segurança Alimentar’ é um trabalho pioneiro realizado pela Prefeitura de Magé, através do Cepta (Centro de Ensino, Pesquisa e Treinamento em Agroecologia), que é o centro de pesquisas municipal que funciona no coração do distrito agrícola da cidade.

Nesse projeto são atendidos 12 dos 29 setores econômicos apontados pelo Sebrae, que beneficia diretamente 1.200 produtores rurais mageenses. Entre os objetivos estão o desenvolvimento da agroecologia na comunidade rural, com a produção de orgânicos e biofortificados, com processo sustentável de cultivo.

Como legado para a agricultura da cidade, fica o cuidado com a saúde e melhoria da qualidade de vida e econômica, tanto dos produtores rurais que deixam de manusear os agrotóxicos e passam vender diretamente aos consumidores através da Feiras da Agricultura Familiar, quanto da população que tem mais acesso aos alimentos de melhor qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: