Lucas cobra R$ 1,5 milhão do Fluminense na Justiça, mas tem audiência adiada pela pandemia

Depois dos processos de Claudio Aquino e de Júlio César, o Fluminense viu outro ex-tricolor entrar na Justiça contra o clube: o lateral-direito Lucas. O atleta, que esteve nas Laranjeiras em 2017 e atualmente defende o Figueirense, moveu uma ação cobrando R$ 1.574.385,38 de 13º salário, férias, direitos de imagem, não recolhimento de FGTS, entre outros itens, além de multas.

O processo foi movido em dezembro no Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro, e uma audiência entre clube, jogador e seu advogado, Luiz Gustavo de Menezes Ribeiro, estava marcada para o dia 25 de março. Porém, devido à pandemia do coronavírus, que diminuiu o expediente jurídico pelo país, a sessão foi retirada de pauta e adiada por tempo indeterminado.

Veja o que Lucas cobra do Flu:

  • R$ 538.666,67 referente a cinco meses de direitos de imagem (de setembro a janeiro de 2017), 13º salário e férias;
  • R$ 130.666,67 pelo não pagamento das férias até dois dias antes de começar o período de descanso, sob pena de ser devido o pagamento em dobro, incluído o terço constitucional;
  • R$ 104.533,33 de não recolhimento de FGTS, acrescido dos juros e correções;
  • R$ 228.164,10 referente a pagamento de descansos semanais remunerados não usufruídos e por feriados trabalhados;
  • 98.000,00 de multa pelo não pagamento das verbas rescisórias no prazo legal;
  • R$ 269.000,00 de multa pelo não pagamento das verbas incontroversas (sobre 13º salário, férias e imagem);
  • 205.354,61 pelo pagamento de 15% dos honorários sucumbenciais.

Lucas foi o antecessor de Gilberto no Fluminense e chegou às Laranjeiras em janeiro de 2017, emprestado pelo Palmeiras por um ano. Pedido pelo técnico Abel Braga, o jogador foi titular da lateral direita tricolor durante grande parte da temporada, tendo disputado 56 partidas e marcado três gols. Porém, com o clube em grave crise financeira na época, ele não teve o contrato renovado.

Além dos tribunais, Lucas enfrenta o Fluminense também em campo em 2020. O lateral foi titular na vitória do Figueirense por 1 a 0 no Orlando Scarpelli, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Na partida de volta no Maracanã, ainda sem data devido à paralisação dos campeonatos no país, o Tricolor precisará ganhar por dois gols de diferença para se classificar sem depender dos pênaltis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito