Justiça determina que seja aberta CPI das Olimpíadas na Câmara do Rio

Justiça determina que seja aberta CPI das Olimpíadas na Câmara do Rio
Dezessete vereadores assinaram o pedido de criação da Comissão.
Objetivo é investigar contratos com empreiteiras e gastos no Metrô.

Na tarde desta terça-feira (12), uma decisão da 7ª Vara de Fazenda da Justiça do Rio determinou que a Câmara dos Vereadores do Rio instale, imediatamente, Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Olimpíadas. A decisão do juiz Eduardo Antonio Klausner, anula o parecer do presidente da Câmara dos Vereadores, Jorge Felippe (PMDB), que havia impedido a instalação da CPI das Olimpíadas sob o argumento de não haver fato determinado.
“Essa investigação é a favor da transparência, dos recursos públicos e da cidade do Rio de Janeiro”, disse em plenário o vereador Jefferson Moura (Rede).

Pedido 

O pedido da CPI sobre os Jogos Olímpicos de 2016 foi protocolado na quinta-feira (31) pela Mesa Diretora na Câmara de Vereadores do Rio. Dezessete vereadores assinaram o documento, chegando a um terço dos 51 vereadores da Casa, o suficiente para a instalação da CPI.
O objetivo da CPI, pedida pelo vereador Jefferson Moura (Rede), é investigar todos os contratos fechados com as empreiteiras denunciadas pela Operação Lava-Jato e os possíveis aditivos de contratos.
Serão investigados também os gastos e os incentivos fiscais concedidos para a construção dos equipamentos esportivos e do legado do evento, incluindo a Linha 4 do Metrô.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *