Jesus aponta vitória consciente, mas evita euforia por vantagem do Flamengo

Jorge Jesus, técnico do Flamengo — Foto: André Durão

O Flamengo foi superior ao Fluminense e venceu merecidamente por 2 a 0 neste domingo, no Maracanã. Pelo menos esta foi a leitura da maioria dos que assistiram ao clássico. O técnico Jorge Jesus não pensou diferente e elogiou mais uma atuação consistente de seus comandados.

– Não foi um “ai-Jesus”. A equipe do Fluminense, se jogasse sempre assim, não estava nessa classificação. Achei minha equipe com muita qualidade. Não tinha muita pressão para ganhar. Os jogadores (do Flamengo), como são bons, mostraram muito talento e qualidade. Ofensivamente eles (Flu) não nos criaram muitos problemas, tiveram em duas bolas paradas. Mas caso fosse gol, estavam impedidos.

Jesus afirmou que a postura do Rubro-Negro foi fundamental para o triunfo e que o time merecia um placar mais elástico na primeira etapa.

– Voltamos a fazer um bom jogo. Uma equipe muito segura e muito consciente do que tem de fazer quando tem a bola e quando não tem a bola. A criatividade tática da equipe permite que seja criativa individualmente. Objetivo era vencer. Logo nos primeiros 45 minutos, pelo aquilo que aconteceu no jogo, o placar deveria ser diferente. Mas o futebol é assim. O que conta são os gols que se marca e não o que se merece. Depois do 2 a 0, a equipe já pensou mais no resultado e já pensou mais um bocadinho no jogo de quarta-feira. Até eu pensei nas modificações.

– Parabéns mais uma vez à torcida do Flamengo, é imparável no calor que dá a equipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TV Prefeito